4min. de leitura

O que fazer quando não encontramos mais sentido na vida

Ultimamente, estou pensando muito no verdadeiro sentido de existir. A vida é uma rotina… acordamos, trabalhamos, nos alimentamos, dormimos e no outro dia tudo novamente.

A pergunta é: Por que fazemos tudo isso? O que nos faz acordar todos os dias e seguir essa rotina?


Não são perguntas fáceis de serem respondidas, mas não são impossíveis, na verdade são importantíssimas para nosso desenvolvimento como pessoa. Precisamos refletir e fazer uma conexão com o nosso “eu”, precisamos definir qual é o nosso propósito de vida. Conhecer quem é você, o que o motiva, mudar hábitos e enfrentar desafios são fundamentais.

O final do ano é um bom momento para fazermos essa reflexão. É um momento onde fazemos planos, criamos expectativas de que o próximo ano vai ser melhor, que seremos mais felizes, teremos mais sucesso. Mas de nada adianta planejar e não agir!

Então vamos lá! Confira abaixo dicas de ações simples que o ajudarão nessa jornada:

  1. Imagine todos os dias como você deseja o seu futuro.
  2. Antes de dormir reflita quais atitudes você teve no dia que o aproximam de viver a sua missão e quais afastam.
  3. Faça todos os dias, pelo menos, 15 minutos de meditação.
  4. Procure reagir de forma positiva a acontecimentos negativos.
  5. Procure o lado bom de cada situação, por mais difícil que seja, sempre existem motivos para agradecer.
  6. Reserve 20 minutos por dia de leitura.
  7. Duas vezes por semana assista a um filme ou a seriado, com áudio e legenda em inglês.
  8. Almoce com suas amigas (o) pelo menos uma vez ao mês.
  9. Saia do computador e/ou celular e dê 100% de atenção quando alguém falar com você.
  10. Desligue o celular e dê 100% da sua melhor energia nos primeiros 30 minutos em casa.
  11. Conte histórias para as crianças dormirem todas as noites.
  12. Não se importe com o que as pessoas pensam de você. Faça o que tiver vontade e o que realmente o faz mais feliz.
  13. Crie metas de curto, médio e longo prazo e defina prazo para concluí-las.

Curto: São aqueles objetivos que você pretende realizar em menos de 01 ano, por exemplo, reformar a casa.


Médio: Objetivos que você pretende realizar de 01 a 05 anos, como comprar/trocar de carro.

Longo: Aqueles objetivos que pretende realizar em no mínimo 05 anos, como comprar uma casa/apartamento.

Ao criar as metas, você deve centralizar todos os seus esforços em realizá-las, assim será possível identificar o que realmente é importante para você e, a partir daí, definir o seu propósito de vida.


Estes são comportamentos que se tornam automáticos com o tempo e que realizará em você uma transformação surpreendente! ACREDITE!


Direitos autorais da imagem de capa; Rebe Pascual on Unsplash

 





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.