ColunistasEspiritualidade

O que importa é que tem alguém, lá em cima, sempre cuidando de nós

O que impoerta

O que importa é não alimentar sentimentos que nos puxam para baixo. O mais importante é viver a vida de verdade. Ser alegre e feliz, sempre. Espalhar felicidade a quem precisa.



Nesta passagem rápida e breve por este mundo de provas e expiações, é preciso saber o que realmente IMPORTA nessa estada, para cada um de nós.

Viver não é tarefa fácil para ninguém e bem sabemos disso. Então, é preciso fazer o que realmente importa para essa existência.

As coisas pelas quais precisamos lutar têm grande importância em nossas vidas.


O que importa é saber, de verdade, quais são os itens relevantes para se viver, e isso precisa ser tratado de forma coerente, inteligente e com muita sabedoria.

Damos valor às coisas que não têm e nunca terão alguma importância para nossas vidas. Não podemos focar nelas, pois não são boas para o nosso entendimento, aperfeiçoamento e evolução como seres de luz.

O que importa não é o que você tem na vida, e sim quem você tem. Pense nisso!

O que importa é o que deixamos de ser, quando verdadeiramente crescemos como seres humanos. Esse processo evolutivo conta e importa muito.


Às vezes, nós nos importamos tanto com algumas pessoas, enquanto elas nem se importam com a gente. Mas temos que seguir o jogo. Cada um assume a sua colheita, de acordo com o que foi plantado durante a vida.

Encontraremos pessoas que podem nos ferir e precisamos perdoá-las por isso. Isso importa e muito!

Podemos tomar decisões ou fazer coisas em um minuto, mas poderemos nos arrepender para o resto da vida. Analise isto, sempre!

Aqueles que tanto amamos, em algum momento, serão tomados de nós. O que importa é sempre expressarmos o nosso amor e carinho a essas pessoas especiais, que passam por nossas vidas durante a existência.


Apesar das circunstâncias, o que importa é sermos responsáveis pelos nossos atos e nossas condutas. A lei da ação e reação opera o tempo todo.

É de suma relevância sabermos o que não vai interferir em nosso livre-arbítrio durante a vida.

Isso terá grande impacto.

Se fizermos coisas erradas e de forma errada, já sabemos que resultado teremos, não é mesmo?


O que importa é analisarmos o tempo. Ele é curto, passa rápido e precisamos ter pressa e foco. O que passou já foi e não voltará. O que importa é a flexibilidade que precisamos ter com a vida e com as pessoas. Isso tem muita relevância!

O que importa é que, para a paciência, é necessária muita prática. E para isso, é preciso treino diário. Percebe a importância?

O que importa é perceber que o sucesso é construído com 99% de fracasso. É fundamental ter esse olhar.

Importe-se em não desanimar jamais. Não deixe de lutar pelos seus ideais um só dia.


Analise, o quanto antes, o que será importante para quando chegar o tão almejado sucesso.

Entre os principais medos do ser humano estão o sofrimento, a solidão e a morte.

O que importa é não alimentar sentimentos que nos puxam para baixo. O mais importante é viver a vida de verdade. Ser alegre e feliz, sempre. Espalhar felicidade a quem precisa.

É importante aproveitar essa viagem pela existência e ser bom como pessoa; plantar e cultivar o amor e as coisas boas da vida; ter muita humildade; ser cortês e gentil com todos; ser íntegro, confiante e disciplinado; ter fé e força, todos os dias; ter caráter e muita personalidade; ser verdadeiro consigo mesmo e com os demais; amar-se, perdoar-se e fazer o mesmo com as pessoas.


O que importa é que tem alguém, lá em cima, cuidando e zelando por nós, diariamente.

Isso importa demais! É importante ter otimismo e entusiasmo. Ser realista e pensar positivo.

E o que mais importa é viver o hoje, como se fosse o último dia de nossas vidas, pois o hoje chegou e o amanhã a DEUS pertence.

Seja feliz e compartilhe felicidade. Isso sim IMPORTA e muito.



Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: 123RF Imagens.


Os filhos crescem

Artigo Anterior

Amores rasos vêm e vão, mas um amor verdadeiro é raro, único e sagrado!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.