publicidade

O que não dá mais para voltar na sua vida?

Você quebrou barreiras. Chegou no limite  e recomeçou. Várias e várias vezes. Agora, confusão. Alguns encantos de inocência se foram. Algumas áreas da sua vida foram quebradas e alguma coisa se perdeu. E, agora?



Como aproveitar as transformações da vida para ter melhores relacionamentos? O que fazer com esses cacos?

Todos nós passamos por muitas mudanças. E, quando você vive as suas experiências, você passa a ver muitas coisas de um jeito diferente. Isso porque você aprendeu com as suas vivências e então, já não é mais a mesma pessoa.

Você pode ter sido uma pessoa sempre muito persuasiva, que conduzia bem os seus relacionamentos e a sua vida, mas algo pode ter acontecido e não se sabe bem o que, mas fez você se sentir mais forte em algumas coisas, e fraco em outras. Há as partes boas e, outras, nem tanto, por que atrapalham a vida.

Às vezes, você ficou mais frio ou mais sensível com relação a certas coisas. E com essas peças, você quer montar um cenário onde você consegue tirar proveito de tudo, desses dois lados e de outros lados seus, as suas versões em conjunto dialogando com cada momento vivido.


Quem sabe se eu recuperar um pouco das coisas que gostava – você pensa. Algumas, talvez, não sejam mais possíveis, outras, sim.

Acontece que você fica às voltas com os seus pensamentos, buscando controlar a realidade e entender melhor as coisas. Ao mesmo tempo, sabe que o emocional também é importante e que quer ser flexível para lidar com tudo isso.

E fica em conflito, revezando qualidades e tentando administrar os aspectos que poderiam ser melhorados de alguma forma, mas você nem sabe bem como. Está confuso. Será que dá para voltar para quando não havia o problema?

Não. Esse obstáculo é seu. E é com os seus cacos que você pode montar um mosaico único, a sua história única. Não se envolver muito em alguns assuntos e relações pode ter sido bom até certo ponto, porque foi mais seguro e o afastou do enfrentamento ou da dor. Ao mesmo tempo, foi inevitável se apaixonar, dilacerar e amolecer. E bater cabeça, tentar e pensar em desistir. Mudar? Talvez, mas ainda não. Razão e emoção brigam. Não é um problema lógico, é mais complexo e humano.


Às vezes, na correria do dia a dia você perde tantas oportunidades. Talvez por atropelar situações, não percebe ou aproveita pouco os aprendizados possíveis, impõe-se e se afasta. Que correria foi o dia! E voltam os mesmos pensamentos fixos. As mesmas pessoas. Situações que se repetem. Batendo na mesma tecla. Frustrações “antigas conhecidas” que precisam de uma transformação, ainda não muito clara.

Você não vai voltar a ser quem era. Nem a vida. Mas, você pode começar com pequenos passos a ficar mais próximo das suas conquistas e dos seus sonhos. Evoluções podem ser doloridas. Mas se for para ser na direção de algo que você quer, pode ser um desafio interessante também.

Então, em que você quer focar e se dedicar? Em que área da sua vida você precisa ser mais ativo? Você precisa buscar alguma ajuda específica? O que você precisa reaprender?

Você percebe quando está sendo honesto consigo mesmo, fiel ao que acredita, transparente na vida e equilibrado com relação ao que faz. Procure ajuda, se precisar. Eu precisei e, muitos que precisaram procuraram a minha ajuda. O que não dá é ir para trás na vida, querer fazer o mesmo e buscar resultados diferentes. Ou fazer o mesmo, em situações completamente diferentes, buscando melhores resultados. E você, vai fazer o que?

________________

Direitos autorais da imagem de capa: chalabala / 123RF Imagens

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.