publicidade

O que não é real, o tempo varre. O que é real a gente tenta varrer, mas não consegue!

ILUSÃO E VOCAÇÃO – 03/10/2012



Muitos de nós, sem perceber, passamos a vida com ideias fixas sobre o que queremos, sem considerarmos e/ou percebermos nossas verdadeiras vocações, quer sejam profissionais, amorosas, ideológicas, etc.

Às vezes, por imposição dos pais, filhos seguem carreiras que os conduzirão a um terrível vazio existencial. Às vezes por equívocos causados por falta de autoconhecimento.

Às vezes por priorizarem o dinheiro. Às vezes por tudo isso junto e muito mais.


São inúmeras as razões que levam pessoas a passarem a vida vivendo a história de um personagem, e não a sua própria.

Creio que a primeira coisa a ser aprendida e respeitada, à risca, por pais e educadores deva ser o autoconhecimento.

A escolha não pode ser meramente feita por cálculo, por imposição ou por idolatria a ícones, mas pelo prazer em se fazer coisas. Para isto, é preciso experimentar.


A par desse processo, a meditação (tão recomendada também pelos bons médicos) é a MELHOR ferramenta para a auto-percepção.

O que a pessoa é não morre, e fica lá clamando pelo exercício. Se não acontece, gera insatisfação e tristeza. Aquela tristeza que a pessoa não sabe bem de onde vem.

Não adianta ignorar o que se é, porque dessa forma a nossa saúde acaba nos “ignorando”. É preciso descobrir-se.

O que não é real o tempo varre. O que é real a gente tenta varrer e não consegue.

________________

Conheça um pouco mais do seu trabalho acessando: Youtube  – Conteúdo do Livro: Foco No Afeto 

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.