publicidade

O que passou, passou. Perdoe sempre!

O que passou, passou. O que temos que fazer é aprender com o passado e praticar o perdão. Com ele, a nossa vida torna-se mais leve e cheia de amor.  Perdoe sempre.

Como praticar o perdão?

O mundo está tão cheio de ódio e rancor, que não está sendo fácil praticar o amor e o perdão.



Já se perguntou por que quase sempre não nos ensinam o perdão? Aquele que vem de dentro da alma?

Quantas vezes o ressentimento o manteve preso ao passado?

Quando você lembrou-se do passado e arrependeu-se de algo?


Antes de começar, você deve: estar disposto, abrir o seu coração, ser sincero e aceitar o que aconteceu, afinal, o passado não pode ser modificado, mas o hoje, o agora, sim. Reconhecer que todos nós erramos, pois  somos seres em evolução. Compreender a si e ao outro.


Então, aqui começamos uma breve jornada de como praticar o perdão:

Perdoe-se

Perdoo-me por ter perdido a paciência.

Perdoo-me por não ter sido a pessoa mais atenciosa naquele momento.


Perdoo-me por não ter sido compreensiva com você.

Perdoo-me por não ter dado o meu melhor.

Perdoo-me por me trair.

Perdoo-me por ter lhe causado dor.

Perdoo-me por ter agido por impulso.

Perdoo-me por ter mentido para mim.

Perdoo-me por não ter me feito presente.

Perdoo-me por não ter sido capaz de resolver aquela situação de maneira diferente.

Perdoo-me por não ter conseguido perdoar naquele momento.

Perdoo-me por todos os erros que cometi e os aceito como parte da minha evolução.

Perdoo-me por tudo que fiz, afinal, era o melhor que eu poderia fazer naquele momento.

Perdoo-me hoje e sempre.

Perdoo-me e liberto-me de todo meu passado.


Perdoe o outro

Perdoo-lhe  por ter me magoado.

Perdoo-lhe  você  ter sido incompreensível comigo.

Perdoo-lhe por ter alterado o tom de voz comigo.

Perdoo-lhe por não estar  mais  presente.

Perdoo-lhe por sua falta de paciência.

Perdoo-lhe por não ter me amado como eu gostaria.

Perdoo-lhe por não ter me aceito do jeito que sou.

Perdoo-lhe pelas discussões.

Perdoo-lhe pelo sofrimento.

Perdoo-lhe por suas atitudes que, de alguma forma, magoaram-me.

Perdoo-lhe pelos momentos difíceis.

Perdoo-lhe por não ter enfrentado a situação.

Perdoo-lhe por  ter mentido para mim.

Perdoo-lhe por tudo que  fez.

Perdoo-lhe pela dor que  me causou.

Respire vagarosamente três vezes. Imagine em cada respiração profunda, que sua alma está se purificando cada vez mais, harmonizando-se para seguir em frente. 

Eu sei que na teoria é muito fácil perdoar e que na prática não é bem assim. Teremos momentos em que não iremos deixar a mágoa, a raiva, a tristeza de lado, mas quanto mais praticarmos o perdão, mais fácil e natural será deixar esses sentimentos ruins.


Se praticarmos o autoperdão conseguiremos perdoar os outros mais facilmente.

“Aquela pessoa não merece o meu perdão”. Deixe o seu ego e rancor de lado.

“Ela é rancorosa. Ela não pede desculpas”. Liberte-se, livre-se desse sentimento que está dentro de você. Lembre-se: você é a única pessoa capaz de mudar esse sentimento que está aí dentro, mais ninguém. Você é o responsável pelo que cultiva dentro de ti.

Lembre-se: o que passou, passou. O que temos que fazer é aprender com o passado e praticar o perdão. Com ele, a nossa vida torna-se mais leve e cheia de amor.

Perdoe sempre.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.