ColunistasReflexãoSuperação

O que pode me levantar na hora da queda?

sea girl 1442339

Tá… tá… tá… a sua vida tá péssima, né? Eu sei.



O que houve?

Seu melhor amigo e parceiro te decepcionou, as coisas não acontecem, sofre fracassos atrás de fracassos, alguns milhares de decepções amorosas, foi humilhado, jogado pelos cantos às traças pelos familiares, amigos; foi despedido, viu seu sonho desmoronar, perdeu alguém?

Ainda não mencionei o seu problema? Desculpe. É que a vida tem tantas tribulações e situações distintas que insistem em consumir nossas forças que, nem consigo mencionar tudo de péssimo e caótico que possa ter acontecido em sua vida ou de todas as pessoas desse nosso mundinho de “provas e expiações”.


A única coisa que sei, é que neste momento, uma espécie de mão gelada aperta seu coração e o faz triste.

E aí? O que será que pode me levantar, me deixar bem, ser meu guincho?

Não posso dar receitas aqui e é bem verdade, que ninguém poderá dar a você uma receita de como se levantar e sentir-se melhor apesar de tudo que tem acontecido.
O que me faz mais sábia que você? Nada. Experiências vivi e dores senti, assim como você. Então posso dizer de mim, do meu guincho para me levantar. E aí, você analisa e pensa direitinho se, pode servir pra você também.


O que ocorre é que cada um tem a sua força guardadinha nos recônditos de seu coração. Só não se lembra ou não se permite chegar até lá. Cabeça tão confusa e cheia de ideias autodestrutivas, que nem ao menos tem um tempo para abrir a caixinha com o tesouro dentro de você chamado: Solução.

O meu guincho pode ser um bom livro que me acalma e me leva a conhecer novos mundos. Pode ser uma ligação de um amigo ou até mesmo o encontro com ele. Entre abraços, ouvimos palavras necessárias ao nosso coração. Um filme! Nossa… quantas vezes filmes com lições divertidas já me fizeram sorrir e querer mudar a minha vida? Muitas.

Meu amigo, não espere que as pessoas venham até você, te estendam a mão ou joguem uma corda e te tirem do buraco onde você se escondeu. Nem sempre isso acontece, sabe? E acaba que o único guincho que encontramos para nos puxar pra cima, é nós mesmos e a força (vezes pequena mas existente), dentro de cada um.

Que tenhamos braços fortes para sermos impulsionados ao alto!


Que tenhamos sabedoria para entender quando é hora de continuar ou retirar-se.
Que tenhamos fé para acreditar em nossa capacidade de mudar!

Cris Souza Fontês


Princesa dos tempos modernos…

Artigo Anterior

Con.se.quên.cia

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.