Comportamento

O que podemos aprender com a vida sexual de Will e Jada Pinkett Smith

capao que podemos aprender com a vida sexual de Will e Jada Pinkett Smith
Comente!

Entenda melhor a história polêmica de amor do casal hollywoodiano que tem rendido manchetes e muitos comentários na internet desde o ano passado!

Quem acompanha de perto as notícias sobre os famosos com certeza sabe que Jada Pinkett Smith e Will Smith, que estão juntos há 23 anos, estão sendo alvos de polêmicas por conta de sua forma peculiar de se relacionar, que chegou ao público há algum tempo.

O programa de Jada, “Red Table Talk” e o livro “Will”, do ator, estão sendo fontes de informação para o público sobre as dimensões do seu relacionamento, e trouxemos algumas dessas informações para ajudar você a compreender melhor e até aprender com a vida sexual do casal.

Antes de tudo, é importante dizer que Will e Jada ficaram tão em alta na mídia, que uma petição online foi criada para que a mídia parasse de entrevistar o casal. A petição já soma mais de 25 mil assinaturas de pessoas cansadas de saber sobre ele.

No entanto, esse assunto ainda parece interessar a muitas pessoas, portanto, vamos entrar em alguns detalhes. Em um episódio de seu programa, Jada se abriu sobre sua sexualidade e deixou claro que já se interessou por mulheres, embora não tenha conseguido se conectar romanticamente com elas. Essa declaração foi o bastante para uma longa peregrinação da mídia em busca de mais revelações sobre o casamento dos artistas.

Tempo depois, foi a vez de Will se pronunciar. Numa entrevista à GQ, disse que a esposa “nunca acreditou no casamento convencional“, pois cresceu numa família mais aberta a esse tipo de experiência. As diferentes percepções dos parceiros levaram a diversos debates sobre o tema, e ambos acabaram tendo relações à parte do casamento, conforme confirmado pelo ator.

Noutra entrevista, desta vez à Oprah Winfrey, Will elogiou a esposa e contou que eles têm uma rotina de diálogo intensa e que, se começam a conversar, passam no mínimo quatro horas trocando ideia sobre os mais diversos assuntos, e que essa é a razão pela qual estão juntos há tantos anos.

Ele também mencionou que a capacidade de Jada de resolver problemas e a maneira de fazê-lo sentir-se feliz não foi capaz de encontrar noutra pessoa.

No entanto, nem tudo são flores. Assim como qualquer outro relacionamento, Will e Jada enfrentaram muitos problemas e até ficaram um tempo separados, embora nunca tenham gostado disso.

Segundo Will, os dois acreditavam que tinham de fazer um ao outro felizes, o que não estava funcionando, e concluíram que cada um deveria ser feliz por conta própria, para que o seu amor desse certo.

Sobre os comentários acerca da sua vida sexual, o ator disse que ele e Jada não vivem só de sexo e que “estão em uma jornada espiritual para limpar as partes venenosas e sem amor de nossos corações”.

No entanto, não escondeu que os primeiros três ou quatro meses de sua relação foram selvagens, pois tinham relações sexuais diversas vezes por dia, algo comum para todos os casais que estão se conhecendo melhor.

Embora Will não tenha mencionado as experiências extraconjugais durante sua relação ou na pausa dela, ele escreveu que “O tempo separados ajudou nós dois a descobrir o poder de amar em liberdade“, e acrescentou: “Nós concordamos que éramos ambos pessoas imperfeitas, fazendo o nosso melhor para descobrir como estar neste mundo com alegria… Jada e eu concordamos que iríamos cavalgar juntos nesta vida, não importa o que aconteça.

Comente!

Mariana tem, 6 anos após crime ambiental, 66% da população atingida por doenças psicológicas

Artigo Anterior

Casal perdido em trilha com cachorro machucado é salvo por escoteiro de 12 anos

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.