CuriosidadesEnergiasEspiritualidadeO Segredo

O que são orgonites?

Orgonio Orgonite Orgonita Brasil Bioenergia



Orgonite é um transformador e gerador de bioenergia (chi, prana, energia vital, orgone, etc) capaz de transformar a energia DOR em POR. É composto por cristais geradores, metais e um componente orgânico (resina). Opcionalmente, são ultizadas pedras preciosas e semi-preciosas. Algumas outras substâncias podem ser adicionadas a mistura para torná-la mais potente ou mais especializada para diferentes aplicações. A nossa linha “Plus” é produzida com uma receita especial incluindo pó de cobre, pó de quartzo e outros elementos que combinados juntos resultem no material com máximo de potência orgônica conhecido na tecnologia de orgonites hoje.


O Orgonite acumula a energia negativa que está ao seu redor e a transforma em energia positiva, beneficiando tudo e todos a sua volta. Ele é geralmente utilizado para harmonizar e melhorar a energia dos ambientes, principalmente para proteger contra a poluição eletromagnética (colocando-o em cima de televisões, computadores, ou perto de torres de celular, por exemplo) mas também pode ser ultilizado em meditações, para energizar alimentos, plantas e muito mais.




O termo “orgonite” foi inventado em meados dos anos 90 em homenagem aos trabalhos do cientista Willhem Reich e a orgonomia. Wilhelm Reich foi o primeiro scientista a não só provar a existencia do orgone/bioenergia mas também descobriu a capacidade de acumular esta com camadas alternantes de material orgânico e metalico. Os acumuladores de orgônio (energia vital) que Reich construía potencializavam a energia local, fosse ela boa (chamada OR) ou ruim (chamada DOR), enquanto que os geradores de orgônio em forma de orgonites transformam toda energia em positiva. Se ela vem positiva é mantida e se ela vem negativa é transformada em positiva.


Os orgonites modernos são produzidos de uma substância matriz composta de 3 componentes básicos: umorgânico (que atrai a energia), um metálico (que reflete) e no mínimo um cristal (que modula). O elemento orgânico geralmente usado é a resina, mas podem ser diversos outros materias como o caramelo de açúcares, o mel, ceras naturais, lãs naturais, entre outros (porém a maioria destes materiais geralmente perdem o efeito depois de um uso prolongado, enquanto a resina provou a ser o melhor componente por conservar a potência mesmo depois de muitos anos de uso). Os metais podem ser variados, costuma-se usar limalhas (particulas de metal), pó, fios, pregos, moedas. Enquanto Wilhelm Reich não usava alumínio, muitos outros pesquisadores já testaram este metal e relataram resultados positivos.
Os quartzos usados geram o efeito “piezo-elétrico” (também usado ex. em relógios suiços, satélites etc.), função essencial para um orgonite de alta potência.


Como funciona o Orgonite?


Mesmo que os princípios básicos (veja abaixo) são conhecidos e os efeitos produzidos são provados e comprovados, a ciência ainda está em falta de conseguir descrever em todo detalhe o mecanismo exacto do funcionamento de um orgonite (tanto como também ainda está em falta de explicar o mecanismo do magnetismo e da gravidade por exemplo). A tecnologia é baseada nas descobertas do cientista Wilhelm Reich que foi o primeiro que conseguiu provar a existência dessa energia sutil de forma cientifica e que descobriu que a sequência certa de matéria orgânica e metálica tem o efeito de acumular esta energia. Vários outros pesquisadores expandiram esses trabalhos ate que nasceu o orgonite.

 ________________

Uso das pedras e cristais:

Artigo Anterior

Leis universais da plenitude e da felicidade:

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.