ColunistasReflexão

O que as “tempestades” nos ensinam?

O que as “tempestades” nos ensinam

Às vezes aquilo que quase nos enlouquece e nos tira o chão é também o que nos faz mais forte depois. Nem sempre uma tempestade é ruim, quando aprendemos a enxergar as lições nas entrelinhas, nossa vida dá um verdadeiro salto.



Demora, mas chega um dia em que aprendemos de vez que tudo que nos acontece tem uma razão de ser. Por isso é preciso agradecer não só pelas conquistas e pelas mudanças que conseguimos mensurar em nossa rotina, como também ser grato pelos aborrecimentos, decepções, frustrações e problemas de toda ordem.

Quando passamos a perceber o valor dos ensinamentos vindos dos problemas e reconhecemos nossa parcela de responsabilidade tudo passa a ser diferente. É quando “a ficha cai” e nos damos conta de que tudo está interligado e que os fatos em nossas vidas estão diretamente relacionados à qualidade dos nossos pensamentos, à maneira como agimos com nós mesmos e com os outros, e também como lidamos com as adversidades que são inerentes às relações humanas.

O grande segredo é ser grato por tudo. Seja grato pela saúde, emprego, família e pelos bens materiais, mas também agradeça pelos obstáculos, pelas pessoas difíceis, pelos prejuízos e até por uma doença que o fez ver a vida por outro ângulo.


Ao abrir-se para uma compreensão maior da vida ampliamos nossa consciência e o papel que desempenhamos no mundo, desde as relações próximas aos atos que têm reflexo na vida dos outros mesmo sem percebermos.

Não fique parado na tempestade. Não prenda-se a mágoas e ressentimentos. Pensamos que não, mas muitas coisas em nossa vida não vão para frente porque damos peso e atenção a minúcias. Definitivamente, não vale a pena.

Temos a chance de crescer e amadurecer todos os dias o desenrolar dos fatos de nossa história pessoal. Muitas vezes as lições vêm em forma de baques com os quais temos a impressão de não poder lidar. O que nos diferencia é tirar o máximo de proveito dos acontecimentos, sem terceirizar a responsabilidade ou vitimizar-se.

Reflita e pergunte-se: que lição a vida está querendo dar- lhe e que você tem resistido em aprender?


____________

Direitos autorais da imagem de capa: edbockstock / 123RF Imagens

Sabedoria é gostar de quem gosta da gente!

Artigo Anterior

O que você oferece para a vida e para as pessoas é o que terá de retorno, de recompensa!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.