O que vem depois do depois…

“E agora, José?”



A festa acabou, vem aquele aperto de que, mais um ano começa de verdade e parece que a vida ainda não está acontecendo.

Essa velocidade frenética do nosso Senhor Tempo, que não perdoa e passa por nós como um motorista de ônibus apressado que para por apenas um segundo no ponto e pergunta:

Quem vai?


E já fecha as portas a seguir viagem. Ficamos ali no ponto, pensando: por que não subi?

Somos induzidos a decidir rapidamente, qual prato pedir, que fila entrar, qual faculdade, que curso?

Casar ou trabalhar?


Ser dona do próprio nariz ou seguir apenas sonhando, presa a padrões e formatos antigos de pensamentos de que: “Hum, isso não vai dar certo, aqui é mais seguro.”

Eu digo a você que é preciso um movimento, caso você se sinta dentro dessa historinha acima, mas por outro lado, você está exatamente onde deve estar, fazendo o que tem que ser feito e se sentiu a necessidade desse movimento…

Então você está sendo chamado a fazer diferente, a subir no ônibus sem pensar e fazer sua história exatamente como deve ser.

Vamos vencer juntos?

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.