publicidade

O que você deseja para o ano novo?

Uma reflexão sobre a mudança interior necessária em nossas vidas.

Paz, amor, felicidade, prosperidade, sucesso pessoal e profissional e tantas outras coisas é o que deseja?



Direi, meu caro leitor, que é preciso ir em busca desses desejos, pois eles não cairão em suas mãos se não for buscá-los.

Não será o ano novo, prestes a nascer, que lhe trará esses desejos. Você é o responsável pela colheita daquilo que plantou, seja lá o que for.

Falando sobre isso, lembro das belas palavras de Yohana Sanfer que dizem assim:


Nenhuma queima de fogos promete um futuro iluminado.  Nenhum ponteiro marcando meia-noite transforma quereres em realidade. Nenhum ano novo garante uma nova vida.

Se o coração deseja mudanças, é preciso  trocar mais que o calendário. É preciso abandonar medos e encarar desafios. Driblar velhos hábitos e arriscar novos voos. Deixar de esperar que os próximos meses surpreendam e surpreender a si mesmo. Acreditar e seguir. Sonhar e ousar.

Se o coração deseja um novo tempo é tempo de fazer acontecer.

É meu caro, sempre é tempo de alçar novos voos, mas isso só será possível se você for em busca. Se não conseguir alçá-los no ano que termina, há a oportunidade de recomeçar as tentativas para uma nova vida, recheada de sonhos e mudanças possíveis. Vai, caminha! Depende de você, da sua força de vontade em ir adiante e transformar-se.


Para o ano novo eu desejo a você o vislumbrar da caminhada que está repleta de novidades e precisam ser apreciadas, captadas e conquistadas por um olhar leve e curioso que está em busca de inovação.

Caminhar é vida; se é vida, é um presente. Disse-nos Clara Baccarin,

Você vai me desculpar, mas nesse ano novo não lhe desejo muitas conquistas. Desejo-lhe apenas o aprendizado diário da apreciação do caminho,  e que mesmo que as conquistas sejam poucas, isso não importa muito,  pois o caminho por si só já é um presente.

“Caminha e o caminho se abrirá”. Busca o novo, o recomeço e eles virão. Planta a paz interior em você e entre nossos irmãos, o amor pelo próximo, a caridade pelos irmãos e você verá que colherá o que há de melhor no mundo. Isso será possível se seguirmos a lei do Amor: Amar nossos semelhantes como nos amamos. Dizer ‘eu te amo’ com mais frequência, sem medo, sem vergonha.

Uma vez escutei que é hora de colher e esse momento não precisa ser necessariamente na virada para um ano novo, precisa ser em seu tempo, de dentro para fora; se possível, aqui e agora; um pouco a cada dia. O discurso sobre “é hora de colher” dizia:

É hora de colher, não é mesmo mestre? E de plantar o futuro, Ariel. Por isso, fica permitido, nos novos tempos, dizer: Eu te amo! Fica estabelecido uma nova lei.

A lei do amor (…) Fica permitido entender que o erro é o estágio de evolução. E principalmente, fica totalmente permitido, perdoar e se perdoar. (…) Fica permitido a presença de irmãos iluminados levando luz e amor. (…) Ficam permitidos o bem, a paz, a compaixão e a caridade. E revoga-se todas as permissões em contrário.

No dia que aprendermos que a mudança depende de cada um de nós e acontece de dentro para fora, buscaremos a mudança interior dia após dia, ano após ano e novos voos serão alçados.

Busca o bem, a paz, a compaixão e a caridade – És o que precisamos plantar para nos tempos seguintes colhermos. Bons ventos sopram por aqui.  Nada de espetacular, nem específico, mas ando em boa onda de otimismo, cheia de uma alegria sincera por dentro, toda acolhedora, com uma vontade imensa de tomar conta do mundo… (Marla de Queiroz)

Uma vez escutei que a vida tem somente um V, o resto é só ida… Então, meu caro, caminha; vai em busca. Não espere pelo ano novo! Busque por sua mudança interior diariamente e ao alcançá-la, coisas boas virão. Hoje é dia de plantar. Amanhã será o dia da colheita! O que você vai plantar e colher depende de você.

Respeite o seu semelhante! Ame o próximo! Seja caridoso sem ambições e sem vaidades. Ajude sempre!

Bom caminhar! Siga em frente!

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.