ColunistasAmorCrônicas

O que você pode ser no meu outono…

outono mãos

São apenas três meses.



É rápido e finito até o frio apertar.

E quando os dias já deixaram de se espalhar por entre as horas eu comemoro o tempo que me permite ficar mais tempo ao seu lado.

E o que poderia ser apenas um outono é a história de nós dois escrita pelas longas noites. Ah e você…


Você pode ser o meu destino a lugares bucólicos porque eu vou estar lá para caminharmos de mãos dadas;

outono estrada

A melhor companhia quando eu quiser experimentar um cappuccino caseiro ou comprar queijos e chocolates.

E sem dúvida a minha mais pura embriaguez com um Saint – Amour durante longos papos;


Vou te imaginar como o vento que desarruma o meu cabelo, a brisa que toca a minha face;

Você pode estar no abraço quente como a cor laranja que eu vejo nas folhagens que se despedem de seus galhos;

E no sorriso tímido de um sol que se oculta entre as nuvens;

Você é o lado mais charmoso do meu outono. Tão bonito quanto maples, sweetguns, choupos, dogwoods;


E nos dias que eu me sentir como uma folha caída, você me olha, me admira e não me muda.

E me deixa ser a temperatura que oscila enquanto o inverno não chega.

Neste outono você pode ser muita coisa para mim.

E eu para você, a estação inteira.


Um dia você vai ver…

Artigo Anterior

Ela é de exatas!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.