ColunistasComportamento

O realista, às vezes, é só um pessimista disfarçado.

O REALISTA site

Ouvimos diariamente pessoas dizendo que o mundo está perdido, as pessoas são infiéis e corruptas, as famílias se desestruturaram, religiões perderam a credibilidade e nada mais presta.



São pessoas que se consideram realistas mas, na verdade, ainda não entenderam que cada um vê o mundo “com seus óculos”, de uma forma particular e isso determina a qualidade de suas ações e reações.

É certo que muitas coisas na vida não dependem do nosso controle –  o lugar em que nascemos, a ação dos governantes, a opinião da sociedade, etc.  No entanto, existe uma imensidão de ações das quais podemos assumir o controle pois elas “dependem exclusivamente da maneira como pensamos e conduzimos nossas vidas”, são aspectos sobre os quais temos o poder da escolha.

Nossos pensamentos podem modificar totalmente o que acontece em nossas vidas. Se nos julgarmos, por exemplo, sem condições para estudar e progredir, ficaremos paralisados diante dos desafios.  Se acreditarmos que somos realistas e não temos controle sobre as misérias da vida, isso compromete tudo o que fizermos e as consequências serão cada vez piores. Se sucumbirmos a essa visão negativa das coisas, estaremos facilmente deprimidos, realizaremos menos do que o nosso potencial e, provavelmente, ficaremos doentes com mais frequência.


Então, às vezes, criticamos os otimistas que pensam sempre no lado positivo da vida e não percebemos o quanto a nossa visão “realista” é, na realidade, extremamente pessimista e nos limita a crescer e viver em plenitude.

Se pudermos escolher novos pensamentos e termos uma visão otimista que pode criar uma nova vida, qual é o sentido de fazermos o contrário em prol de um “crachá” de realista? O que ganhamos com isso?

A vida é uma ilusão, uma breve jornada, um caminho curto demais que precisa ser apreciado e vivido com intensidade. Então, não faz sentido passar por ela, sem uma dose extra de positividade e otimismo.

Assuma de vez um dos lados (otimista ou pessimista) e seja feliz (ou não) com sua escolha.


O otimista é um inteligente disfarçado de inocente, enquanto o pessimista é alguém que torce para que o otimista esteja errado, para que ele possa dizer a todos que é realista.

A sua realidade está em suas mãos (aliás em seus pensamentos) e pode ser construída por você, diariamente, então pare de mimimi e ocupe-se em construir uma vida de sucesso!


Direitos autorais da imagem de capa: Crystal Shaw on Unsplash


Como diz a música: tudo que você faz, um dia volta para você…

Artigo Anterior

O amor tem que ser uma escolha e não uma necessidade.

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.