ColunistasReflexão

O recomeço depende única e exclusivamente de você!

Mais um ano se passa e sempre vem à velha pergunta “Será que eu fiz tudo aquilo que tinha que fazer?”.



Sem dúvidas não existe um ano “fácil” e isso não faz dele um ano ruim, pelo contrário, tudo se torna experiência da qual você tem de aplicar para não cometer os velhos erros, lembre-se que algumas batalhas devem ser concluídas com o sorriso no rosto, sorrir é uma das melhores coisas que existe.

O medo do desconhecido é fascinante, pois ele que nos leva a outra direção, pare, reflita, e se acredita que esse ano não foi bom, relembre de fatos que o fizeram valer a pena.

Escute músicas que te acalmem, veja um filme que você gostaria de ter tempo de ver e não viu, tire um tempo para ler e rever amigos que não viu, perdoe, mas perdoe de coração e não por pressão.


Faça do final então sua melhor parte, coma algo delicioso, pense positivo, ore, reze, peça, saia com alguém especial, ou com pessoas especiais, veja os fogos de artificio, faça um brinde a vida e ajude a quem precisa, nem que seja apenas com palavras, pois elas podem trazer um conforto espiritual.

Mas não rejeite o que se passou, lembre que o amanhã ainda não existe e o que temos é o agora, fazendo coisas novas e planejando obteremos um novo futuro.

O recomeço de um novo ano, na verdade depende única e exclusivamente de você!

Reflita, projete e dê vida, seja feliz.


Desejo continuar fazendo feliz o ano novo inteiro!

Artigo Anterior

O que passa é a nossa vida. O tempo sempre fica!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.