ColunistasRelacionamentos

O segredo do amor é o segredo!

osegredodoamor

22/03/2013 – O segredo do amor é o segredo!



Eles se encontraram na vida. Inesperadamente. Custaram a acreditar que o que estava acontecendo era uma coisa tão linda e encantadora DE VERDADE.

Passaram umas semanas perturbados por um estado de confusão muito louco tipo: “Peraí, isso existe ou estamos inventando coisa que não existe?”. Em seguida passaram uns dias entre negação e êxtase: “Não, isso não pode estar acontecendo! É um delírio de carência”.

Já não esperavam mais nada de amor em suas vidas.


Chegou uma hora em que, de tão encantador o que estavam vivendo, se entregaram ao que estavam sentindo. Sem freios, sem racionalizações, sem censuras e sem julgamentos.

Estavam vivendo um amor infinito, mágico, perfeito. Depois dessa decisiva entrega viveram as primeiras semanas de puro encantamento.

Tudo aquilo que sempre tinham escutado sobre amor durante a vida toda se esvaziou de significado ou ficou ridiculamente pobre perto do que estavam experimentando. Notaram que o mundo falava apenas das migalhas e dos restos daquele banquete que estavam vivendo com plenitude.

Quando olhavam para os demais “amores” dos seres que não estavam vivenciando aquilo oscilavam entre o dó e a compaixão, tamanha a pobreza que assistiam comparada com o que viviam. Era como se estivessem vivendo numa outra dimensão.


Bem aos poucos, imperceptivelmente, a ingênua necessidade de inserção desse encanto em contextos externos aos dois, contextos sociais, necessidade essa somada a certa culpa de estarem tão, mas tão felizes em comparação com os outros, foi dando lugar a outra necessidade: a de divulgação do que estavam vivendo, na ingênua esperança de que assim as demais pessoas alimentassem a esperança de que um dia um amor semelhantemente extático bateria às suas portas, tornando-as as pessoas mais felizes desse mundo.

Neste ato depararam-se com o gradativo esvaziamento da magia que os envolvia até então. Não perceberam isso logo de cara, demorou o suficiente para secar o encanto.

Até que um dia acordaram do que passaram a chamar de sonho. E tudo virou lembrança, virou música, pintura, filme, dança, virou passado.

O mais não cabe no menos.


Há uma força misteriosamente imbatível no segredo e, nesses casos, ela é mais forte ainda. Muita gente sabe disso. Se você quiser colaborar para que uma determinada coisa não aconteça ou que seja interrompida, divulgue-a. Se não, viva-a em segredo.

Isso sempre foi muito conhecido quanto à declaração pública de patrimônio material. Ninguém sai por aí contando tudo o que tem, porque sabe que poderá ser roubado.
Engana-se profundamente quem acha que isso não pode acontecer com a felicidade amorosa.

Quem está morrendo de inanição afetiva não raro comporta-se de forma voraz com quem está se fartando em um banquete amoroso. Existe, sim, roubo e saque de energia. Lamentavelmente as vítimas só os percebem depois que foram subTRAÍDAS.


Quando você conta uma coisa para alguém, e esse alguém não sabe e não entende o que é, ele fica apenas com o que você está sentindo em relação à coisa de que está falando. Se essa coisa é inacessível para ele, ele lamenta e/ou inveja.

Por tudo isso, e por muito mais que é indizível, O SEGREDO DO AMOR É O SEGREDO.

Viver intensamente um grande amor beneficia até mesmo quem nem o conhece. Não precisa falar.

Arly Cravo – Conteúdo do Livro: Foco No Afeto 


___________

Direitos autorais da imagem de capa: alexraths / 123RF Imagens

A vida, essa sim, é perfeita, e logo ali na frente, novas opções, novas escolhas…

Artigo Anterior

Você pode ficar 24 horas sem reclamar? descubra 11 maneiras para te ajudar a conseguir isso!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.