O SegredoSucessoSuperação

Cada pensamento é uma força: o segredo dos atletas campeões para lidar com os problemas

cada pensamento é uma força 1

Quem acompanha o futebol já ouviu, pelo menos uma vez, jogador dizer que tentou fazer uma jogada, mas o corpo não acompanhou. Esta situação está presente em todos os esportes, segundo a notícia veiculada pelo prestigiado jornal norte-americano The New York Times.



Do nosso lado, o famoso “jeitinho brasileiro” trouxe muitos benefícios para o futebol, em especial, o drible. O que é o drible? É livrar-se de um problema. O objetivo do jogo é fazer o gol, certo? O que significa que haverá alguém do time adversário tentando impedir. Então: o que fazer? Driblar! Dar um jeito, criar uma solução, visualizar, imaginar, gingar. Os melhores dribladores são, indubitavelmente, os jogadores mais criativos. Como explicar as desconcertadas do Ronaldinho Gaúcho no auge de sua carreira? Quem mais teria imaginado aquele movimento que Denílson fez contra a Turquia, em 2002? Quantos jogadores conseguem deixar o adversário no chão como Ronaldo Fenômeno fez durante tantos anos? O drible não é uma jogada ao acaso, muitos jogadores já confessaram que passam horas imaginando-as, e também jogadas, clubes onde querem jogar e até títulos desejados, e, quando chegam ao campo, de certo modo, têm o esboço do que fazer em determinadas situações. Reforço esta ideia: antes de um drible ser feito, o movimento já passou pela cabeça do jogador.

A mente trabalha dentro de um ciclo bem simples de entender: percepção (cinco sentidos), pensamentos e ação. Viver um evento, pensar e (re)agir. Isto cria uma nova situação, então, você pensa, isto é, decide o que fazer, e faz. Ação, decisão e reação. É a terceira lei de Newton: ação e reação! Um eterno ciclo. Isto quer dizer que embora você não possa mudar uma situação que já aconteceu, você pode, com toda a certeza do mundo, mudar a maneira que você reage a ela.

Exemplo: Você recebeu R$ 1000 de bônus, animou-se com o fator surpresa e comprou aquela roupa que você tanto queria. Aí, claro, foi ao shopping center, comeu uma bobeirinha e pegou a última sessão do cinema. Ficou tarde e você foi pra casa de táxi. Resultado: você tem uma roupa nova, mas sua vida não mudou muita coisa. Mas. Vamos supor que, você repensou e, ao invés de comprar roupa, você investiu este dinheiro e acabou lucrando R$100. Resultado: agora você tem R$1100.


Entendeu o que aconteceu? O evento é o mesmo, mas a reação é diferente; logo, os resultados são diferentes. Não gosta de algo que está atraindo ou vivendo? Mude sua resposta a isto, mude sua reação e os resultados mudarão.

Quando você entender estes dois princípios (1. imaginar antes de agir; e, 2. agir positivamente) seus resultados com a Atração serão muito melhores e agradáveis do que estão sendo até agora.

Para quem não entende nada de futebol, não tem problema, a lógica está em todas as áreas. A matéria do The New York Times fala exatamente sobre este treinamento mental (que, na Lei da Atração, nós chamamos de visualização). Ele está presente em diversos esportes e é usado por muitos atletas. Um atleta nunca chega numa olimpíada sem visualização. Nunca. Você nunca vai ouvir algum atleta dizer que não treinou ou que não tinha ideia do que ia fazer. Há improvisos? Sim, mas sempre com base na meta e de acordo com a percepção. Ninguém pensa: “vou cair nesta hora e fazer isto”, se ele pensar, ora, não será mais improviso, mas algo previamente planejado. Os grandes empresários, também, visualizam empresas, produtos, negócios, etc. O ator Will Smith, a apresentadora Oprah Winfrey…

Entenda a importância de ter um foco, de ter uma meta clara. Você mira o centro do alvo, se algo der errado, na pior das hipóteses, você acertará algo bem próximo a ele. Se não chegar em primeiro, vai chegar em segundo. Se não fizer um milhão, vai fazer 900 mil. E sempre há a possibilidade de você conquistar exatamente o que quer. Sempre.


Você percebe a reação positiva, com a qual estamos trabalhando aqui, quando vê o atleta cair durante a apresentação, mas, mesmo assim, continua agindo como se nada de ruim tivesse acontecido. A nota dele será inferior, mas haverá uma chance para ele; além de os outros competidores poderem cair, também. Se este atleta, por outro lado, simplesmente, desistir da execução, então ele terá um grande zero. Falhar faz parte de qualquer área da vida. Desistir, não.

Cuidado! Saber que pode cair não significa que deva ter planos B, C, D, e planejar “se eu falhar”, “se não der certo” ou “se eu não conseguir”. Estes pensamentos estarão, na verdade, criando estas exatas condições para que você possa fazer o que planejou. Portanto, planeje tudo perfeito, foque apenas no plano A. Se algo der errado, resolva na hora, improvise, drible!

Autocontrole é um fator que te ajudará a reagir positivamente.

Já notou que pessoas de alto cargo, geralmente, são frias? Atenção! Frieza não é sinônimo de maldade. Frieza pode ser não deixar o medo e outros sentimentos atrapalharem (coisa que os alemães fizeram durante a copa, coisa que os alunos mais preparados fazem nas avaliações, etc.) as suas decisões. A frieza pode te fazer não agir compulsivamente e por impulso diante de lucros inesperados… Frieza, em outras palavras, é não deixar os sentimentos anularem os pensamentos.


Naquele mesmo jogo da última copa, o tal “7 a 1”, os jogadores alemães disseram que respeitavam muito o Brasil e que tinham gratidão pela hospitalidade (além disso, eles deixaram um legado na Bahia e um jogador usou o prêmio da copa para pagar cirurgia de 23 crianças brasileiras). Do outro lado… Meses depois, os jogadores brasileiros confessaram que achavam que ganhariam fácil da Alemanha (desrespeito, desprezo). Isto indica que o pensamento até era positivo. Mas. Quais eram os sentimentos (muitas vaias, muitos conflitos nos arredores do estádio, pressão por jogar em casa, etc.)? Além disto, faltou ação.

Eu estive lendo “O monge e o executivo” e lá pude ver duas equações interessantes para reflexão:

“Intenções – ações = nada”: (Intenção de vencer + sentimento negativo) – ação = 1 gol

“Intenções + ações = vontade”: (Intenção de vencer + sentimento positivo) + ação = 7 gols


Cuidado com as intenções, sentimentos e atitudes!

Aja. Aja positivamente e crie o hábito de visualizar seus sonhos, seus dias e suas ações.

Faça como os melhores atletas do mundo e seja um grande campeão/campeã.

Gratidão e Luz


Atraia riqueza para sua casa com dicas de feng shui

Artigo Anterior

Envelhecer é um prêmio que cabe só para quem ousou viver demais

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.