6min. de leitura

“O seu namorado deixa você viajar sozinha?”

“Mas o seu namorado deixa você viajar sozinha?”

Se eu ganhasse um real cada vez que ouvisse essa frase, eu não estaria em São Paulo escrevendo este texto, mas sim, viajando sozinha nesse exato momento.


Essa pergunta é tão absurda que eu não sei nem por onde começar; mas vamos por partes: em primeiro lugar: Por que eu precisaria da autorização do meu namorado para fazer o que eu gosto? Por um acaso eu sou propriedade dele?

Hoje eu não namoro, mas uma média de 95% das viagens que já fiz sozinha, eu estava namorando. Vocês querem saber se os meus antigos namorados me deixavam viajar sozinha? Alguns deles não gostavam da idéia, outros apoiavam, outros fingiam que apoiavam (mas no fundo eram contra). A verdade é que, desde que eu esteja pagando as minhas contas, ninguém precisa me dar permissão pra absolutamente nada na vida.

Eu nunca nem cogitei pedir permissão para algum namorado meu. Para ser bem sincera, nunca nem perguntei a opinião; foi sempre assim:


“Amor, estou planejando tal viagem. Vamos comigo? Adoraria que você fosse, mas independente da resposta estou indo mesmo assim”.

Todas as vezes que eu fiz essa pergunta, a resposta foi ‘Não’. Seja por falta de dinheiro, tempo ou de vontade, raríssimas vezes um namorado foi comigo em uma viagem mais longa.
E, se eu tivesse esperado até eles terem dinheiro/tempo/vontade eu não teria conhecido 1/10 dos lugares que eu já conheci.

Precisamos parar de abrir mão dos nossos sonhos pelas outras pessoas. Precisamos aprender a se definir, a ter identidade própria, independente de estar solteira, namorando ou casada. Você é você. E você tem os seus sonhos e as suas vontades. Nunca deixe de ser você mesma e de fazer o que gosta por causa de alguma outra pessoa.


Nunca!

Tem gente que não sabe lidar muito bem com isso, e são dessas pessoas que você deveria se afastar. Seria ótimo se nossos companheiros pudessem sempre viajar com a gente? Seria sim. Mas a vida infelizmente não é essa, tem gente que não tem dinheiro, tem gente que não tem tempo e tem gente que simplesmente não quer. E essas pessoas não deveriam ficar no meio de você e das suas vontades.

A verdade é que qualquer relacionamento amoroso que você um dia terá, deve ser baseado na confiança e na parceria. Se você quer fazer uma viagem e acha que isso vai te fazer bem, seu namorado tem como obrigação te apoiar; se ele não te apoia ele está pensando mais nas comodidades dele do que na sua felicidade. Ou está pensando que não confia em você sozinha pelo mundo. Ou está pensando que você é propriedade dele para que tenha o direito de te ‘deixar’ fazer qualquer coisa.

Independente de qual dessas opções seja: corra enquanto é tempo. Você não merece alguém que não fique extremamente feliz por você estar fazendo algo que te deixa feliz. Isso não é amor. Namorar é ótimo, mas desde que seja alguém parceiro, que esteja disposto a te incentivar a seguir seus sonhos. Qualquer coisa que não seja isso, não vale a pena.

Apesar do que muitas pessoas possam achar, nós não somos propriedade de absolutamente ninguém além de nós mesmas, e não devemos nada à ninguém além de nós mesmas.

A verdade é que todos os meus namorados nunca fizeram mais do que a obrigação em ‘me deixar’ viajar, e eles também sempre souberam muito bem que não tinham muita opção: eu iria de qualquer jeito.

Muitos homens se acham no direito de ditar o que suas namoradas podem ou não podem fazer. ‘Troca de roupa, que essa está muito curta’, ‘Pare de beber, que é feio mulher bêbada’, ‘Pare de conversar com esse seu amigo, que ele está dando em cima de você’, ‘Pare de sair por aí sozinha’, e por aí vai…

Infelizmente nós crescemos em uma sociedade onde a mulher é vista como propriedade do homem – seja do pai ou do marido. Mas nós sabemos que isso não está nem um pouco certo, e sabemos que somos donas de nós mesmas e não precisamos de ninguém nos ditando o que fazer ou deixar de fazer.

Tá a fim de sair por aí viajando sozinha sem rumo? SE JOGA! Não deixe ninguém te impedir. Daqui uns anos – quando você estiver com o passaporte inteiro carimbado – você vai me agradecer por esse conselho.

Por que a liberdade da mulher em um relacionamento está nas mãos de seu parceiro?

__________

Acompanhe a autora pelo Livre Blog





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.