publicidade

O sucesso que tanto dizem tem gosto peculiar e varia de paladar para paladar…

O que é sucesso para você?

Dia desses na casa dos meus pais, entre uma bagunça e outra, revi fotos antigas e remexi caixas guardadas no meu antigo guarda-roupa.



Entre as tantas preciosidades estavam os meus diários. Escrevi relatos e reflexões até os meus 18/19 anos.

Foi surpreendente estar diante da minha antiga eu. Foi assustador também. Muitos sonhos haviam se realizado, outros jamais foram tirados do papel por motivos óbvios, mudaram da água para o vinho. Por exemplo, ter filhos. A minha antiga eu queria ter a primeira cria aos 25, o segundo aos 27 e o terceiro aos 30. A cada dia me aproximo mais do 30 e a maternidade parece mais distante, ainda não virou pauta por aqui.

A minha referência de sucesso daquela época pouco tem a ver com a referência de hoje.

Sucesso para mim não tem a ver com a quantidade de dinheiro que tenho no banco ou dos filhos que vou colocar no mundo. Tampouco faz relação com o cargo que assumo num projeto ou do bairro que pretendo morar.

A maturidade me trouxe um certo dinamismo, sabe? Tudo muda o tempo todo. E tive que aprender no dia a dia que está tudo bem ser assim. Já falei por aqui e repito, segurança deveria ser uma palavra abolida do dicionário. Jamais estaremos 100% seguros ou perto do significado da palavra. A sociedade criou esse modelo falido de segurança para gerar ansiedade e transtornos em torno de algo que nunca será tangível.


O sucesso que tanto dizem, tem gosto peculiar e varia de paladar para paladar. O sucesso para mim, tem gosto de liberdade com pitadas de tempo livre. De acompanhamento, a satisfação em ver escolhas bem feitas dando bons frutos. A remuneração, o parceiro de vida e a criação de uma família acabam sendo consequência de todas as minhas escolhas, assim como o sucesso em si.

Se até os 18/19 anos o sucesso era projetado no externo, aos 30, é aqui dentro. Uma fantástica sensação de receber bela salva de palmas, sabe? Chegamos até aqui, ufa! Apesar do alívio, fica a dúvida: será mesmo que alcançar os 30 faz com que a gente se aproxime do sucesso? Talvez.


Arredondar a idade tem lá sua responsabilidade, mas sem ação, os planos acabam se apegando ao papel e de lá não saem. Se eu prezo por liberdade – como é o meu caso – o que eu estou fazendo para me sentir verdadeiramente livre?

O sucesso além de relativo, é também a somatória de muitas ações.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.