Obrigado(a), Pai, por guiar o meu caminho e me trazer a verdadeira paz



Obrigado, Pai!

Que eu possa sentir a sua presença, além de contemplar a existência.

Obrigado por me dar compreensão que me permite transcender a escuridão.

Obrigado pela vivência que me leva ao entendimento.

Sei que ainda sou pequeno, mas a cada dia com mais discernimento.

Obrigado por tudo que enfrento nas mais altas marés. Nesses momentos percebo que não se precisa de nada para se ter fé.

Chega-se um passo mais perto da verdade, quando há aceitação.

Nossos olhos de nada servem, quando não há vida no coração.

Que eu possa seguir meu caminho com o olhar de uma criança que brinca, corre, cai e chora e logo volta a brincar na balança.

Que enxerga as injustiças e maldades ao seu redor e, mesmo assim, não deixa de carregar no peito
a esperança.



Pai, guia o meu caminho.

Que eu compreenda cada vez mais que o meu desejo pode ser fugaz e que a sua vontade traz a verdadeira paz.

Que todos possam ter a experiência de compreender que o sentido da vida é desenvolver o amor.

E que não se precisa ter tanto medo daquilo que chamamos de dor.

Que assim seja!

Amém!


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: luanateutzi / 123RF Imagens






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.