Pessoas inspiradoras

Ofendido por cliente, vendedor de salgados que tem apenas uma mão comove web e arrecada R$ 126 mil!

Humilhado por conta de um atraso nas entregas, Rafael recebeu o carinho e o apoio da internet, e o resultado foi incrível. Confira!



Trabalhar para servir outras pessoas não é algo fácil. Embora muitas vezes seja possível encontrar clientes empáticos e bondosos, sempre dispostos a compreender os imprevistos, em muitos casos, a falta de respeito também é muito grande.

José Rafael Marciano, de 33 anos, teve uma experiência bastante negativa com uma cliente que faz parte do segundo grupo. Em seu Facebook, o homem, que tem apenas uma das mãos, falou da humilhação que sofreu por parte da mulher.

Essa era a primeira encomenda do vendedor de salgados, que encontrou nos quitutes, 54 produtos, uma forma de sobreviver nesta pandemia. Ele acabou se atrasando um pouquinho, pois estava se dedicando para que os salgados ficassem da melhor maneira possível.


Direitos autorais: reprodução Facebook/Rafael Daiany.

O pedido foi feito às 9h da manhã e a entrega deveria ser realizada às 12h do mesmo dia. No entanto, após o pequeno atraso, quando chegou à casa da cliente, Rafael contou que foi muito ofendido e humilhado, e que ouviu da mulher que ele não era profissional.

A mulher não aceitou a encomenda, o que deixou o homem muito preocupado, porque gastou os únicos R$ 60 que tinha na carteira para comprar os ingredientes necessários para o pedido.

Com todos os salgados em casa, ele decidiu distribuí-los a moradores de rua, uma grande prova de sua bondade e caráter. À UOL, o homem disse que chorou muito e pensou em abandonar o trabalho com os salgados, acreditando que não era aquilo que deveria fazer na sua vida.


Direitos autorais: reprodução Facebook/Rafael Daiany.

Direitos autorais: reprodução Facebook/Rafael Daiany.

No entanto, a publicação feita por ele no Facebook e postada em um grupo lhe mostrou que aquele não seria o fim de sua caminhada, mas sim o começo. Milhares de pessoas se solidarizaram com a sua situação e decidiram ajudar, fazendo com que as suas vendas disparassem.

Uma vaquinha virtual foi criada para ajudar o vendedor a arrecadar dinheiro para que pudesse levar o seu sonho para a frente, e o resultado foi incrível. Com o apoio da web, Rafael recebeu mais de R$ 126 mil, que usou para impulsionar a própria lanchonete “O Bom Mineiro”.


Uma história que começou de uma maneira muito negativa teve um desfecho especial, e devolveu ao homem a esperança de cuidar melhor de sua família. Sobre a cliente que o humilhou, Rafael disse que não tem rancor e que lhe perdoou.

Essa história nos deixa uma grande lição: quando fazemos as coisas com amor e dedicação, a recompensa sempre chega, ainda que não seja da maneira como esperamos. Muito sucesso nas vendas, Rafael!

Depois de viver nas ruas, mulher se torna modelo bem-sucedida e conquista a própria casa!

Artigo Anterior

Cão corajoso salva filhote de veado que estava se afogando e não sai de perto dele!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.