PazReflexão

As oito chaves da paz interior (sétima chave: serviço desinteressado)

[…] Servir desinteressadamente significa colocar seus dons e talentos a serviço do amor. É quando você pode se doar verdadeiramente ao outro, sem máscaras, sem necessidade de agradar ou fazer o que é certo com a intenção de ser recompensado. O único objetivo é ver o outro bilhar.



Você se torna o amor que se move em direção à construção. Acordar pela manhã, consciente de que está acordando para servir, ilumina a alegria de viver. Naturalmente, a consciência do serviço aumenta a conexão com o divino, porque, por mais que cada um tenha seus talentos e dons individuais, ou seja, uma forma particular na qual o amor se expressa através de você – é o próprio amor que está se expressando.

No serviço, você se torna um canal do amor. Por isso, eu digo que o serviço é uma forma de manter a chama da conexão acesa.

O amor e a felicidade passam por você para chegar ao outro, não importa o que você esteja fazendo, se está cuidando do jardim, construindo uma casa, cozinhando, cuidando de uma empresa ou de uma pessoa. […]


Sri Prem Baba

As oito chaves da paz interior (oitava chave: lembrança constante de Deus)

Artigo Anterior

As oito chaves da paz interior (sexta chave: presença)

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.