Olhar o céu, onde moram o Pai, o Filho e o Espírito Santo, é a oração mais bonita que existe!

Olhando para o alto, a gente fica pequenininho, humilde, como deve ser. Quem avista o céu se esquece do que deve esquecer e se lembra do que é bom lembrar.



Daqui ainda dá para ver o céu. E você sabe, olhar o céu é a oração mais bonita que existe.

Não precisa decorar palavra, não carece de ritual, vestimenta adequada, instrumento solene. Basta respirar fundo e mirar o céu lá em cima.

Olhando para o alto, a gente fica pequenininho, humilde, como deve ser. Quem avista o céu se esquece do que deve esquecer e se lembra do que é bom lembrar. De quando em vez, pôr os olhos no céu nos devolve os pés no chão.


Assim, quietinhos, aqui embaixo, espiando a beleza que vai lá em cima, dá na gente a impressão de que Deus cuida de nós de lá.

Ele há de nos notar, divertido e emocionado, e apreciar seus filhos que O procuram daqui em usufruto da vista, da vida e do chão que nos sustenta e nos permite, com a humildade que nos cabe, de vez em quando parar os pés e erguer as mãos para o alto em franca, simples e honesta gratidão.

Ave, Maria! Olhar o céu, esse lugar imenso, onde moram o Pai, o Filho e o Espírito Santo, e todos os anjos e todos os santos, é a oração mais bonita que existe!

 


Direitos autorais da imagem de capa: Nicholas Bartos/Unsplash.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.