ColunistasEspiritualidade

“om” – o apelo do ser…

“OM” – O apelo do ser...

“Om” significa em Hindú, nome, corpo e a forma do homem.



Esta sílaba de entoação grave, expressa a chave do equilíbrio do Ser.

Isto mostra-nos que a palavra é o apelo do ser em toda a sua essência.

E este é o caminho que faz sentido para recuperar o equilíbrio da homeostasia do corpo, quando somos acometidos pela doença.


O corpo precisa de ouvir de forma sentida a ordem de comando que fará com que a mudança ocorra na mente e em todos os tecidos vivos.

SER, em vez de estar doente, é querer um caminho de dor.

Quando contrariamos este caminho, a mudança ocorre, porque se quer “SER” saudável e com vida.

Ter uma atitude positiva, onde se possa estar suportado por pensamentos e terapias de mudança, é o percurso certo a fazer quando permitimos ao corpo que adoeça.


O homem é aquilo que come e como come, o que pensa e o que faz.

As causas das doenças são várias; mudanças de clima, emoções instáveis, fadiga e alimentação.

Esta combinação de agentes induz o corpo à redução das células imunes e a doença encontra assim o ambiente certo para se instalar.

Por nenhuma razão devemos desistir de viver e devemos por isso fazer todos os esforços para preservar a vida com saúde e vitalidade.


ESTE É O CAMINHO DA PAZ E O SEGREDO DA VIDA

A energia vital, dinamiza a vida psíquica e ativa o corpo a manter-se com saúde.

Aceite. Quem não te procura, não sente a sua falta!

Artigo Anterior

Ah, maria. Que alegria!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.