Comportamento

Como transformar radicalmente a sua vida com a visualização criativa:

creative visualization

Quando se trata de transformar nossos objetivos em realidade, um simples mal-entendido pode deixar-nos iludidos. A compreensão de como e por que a visualização criativa funciona é o primeiro passo para usá-la de forma eficaz.



De todas as técnicas da “Nova Era” para manifestar os nossos sonhos, a visualização criativa é talvez a mais conhecida e, infelizmente, mais incompreendida.

O Ocidente começou a abraçar a “visualização” como uma técnica poderosa quando os atletas russos a usaram no treinamento dos Jogos Olímpicos da década de 80.

Atletas que passaram 25% de seu tempo em treinamento físico e 75% em treinamento mental tiveram melhor desempenho do que aqueles que só tiveram treinamento físico. Até hoje a maioria dos melhores atletas empregam visualização criativa como parte central de seu programa de treinamento.


No entanto, a visualização eficaz requer três componentes muito específicos:

1. Detalhe

A queixa mais comum que ouço de pessoas é que elas não podem “ver”,ou criar, uma imagem bastante clara. Eles fecham os olhos e talvez tudo o que veem são as cores, ou mesmo apenas uma “tela em branco”.

A chave é usar todos os cinco sentidos, não apenas a visão.


Se você não pode ver o seu novo trabalho, você pode ouvi-lo? Imagine uma conversa que você pode ter com um colega ou superior. Uma conversa muito detalhada onde você está expressando-se aos outros com extrema confiança e competência.

Você pode sentir o cheiro do seu novo trabalho? Talvez sua mesa esteja perto da máquina de café. Agora a conversa que você imaginou também tem cheiro.

Você pode tocar o seu novo trabalho? Talvez você possa sentir o calor da xícara de café em suas mãos enquanto conversa com seus colegas.

2. Consistência


Pense na visualização como um preparo para uma performance ao vivo.

Atores, diretores e equipe técnica não ensaiam de vez em quando.Existe um cronograma que deve ser colocado em prática.

No início, os ensaios estão programados com bastante frequência e as performances são geralmente muito agitadas. As pessoas se esquecem de suas posições, os atores não abraçaram seus personagens completamente e há adereços faltando. Mas, com ensaios frequentes as performances começam a melhorar.

O poder da visualização é realmente alcançado quando realizado de forma frequente, consistente e agendada.


3. Crença

“Para ser algo, você deve acreditar que possa ser”. Esta afirmação é mais verdadeira do que você imagina.

Os psicólogos chamam isso de “profecia autorrealizável”.

Observou-se que tudo o que se acredita sobre si mesmo, afeta seu comportamento, e, consequentemente, seu resultado. Muitas vezes fazendo a crença inicial se tornar realidade.


Por exemplo, se você acha que vai ser reprovado em um teste, é bem provável que seu estudo seja impactado negativamente, e sua memória na hora de fazer o teste também. O resultado? Você vai bem no teste e a crença original torna-se realidade.

No entanto, as técnicas de visualização podem ajudar a tornar pontos negativos da profecia autorrealizável em positivos.

Bônus: Como transformar radicalmente a sua vida com a Visualização Criativa

A maneira mais poderosa para usar a visualização é “salto quântico”.


Trata-se de visualizar um “sósia” seu em um universo alternativo. Nesse universo você já está “fazendo ou recebendo” algo que quer tornar real em sua vida.

Esse processo te leva a falar com esta versão já bem-sucedida de si mesmo e receber dicas, instruções e informações específicas para ajudá-lo agora.

As pessoas que utilizam esta técnica têm sido capazes de mudar suas vidas em direções que não acreditavam que fosse possível. Acho que essa é a parte mais bonita de toda a coisa, você não precisa entender como alguma coisa funciona para se beneficiar dela.

 


Traduzido pela equipe de O Segredo

Fonte: Mindvalley Academy

O que você quer dizer com “você sumiu”?

Artigo Anterior

As características de um companheiro violento:

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.