Signos

Os 5 signos mais superficiais. Eles só vivem de aparências!

São obcecados pela aparência e pelo comportamento, sempre se esquecem de que o importante mesmo não dá para ser visto com os olhos.



Vivemos numa sociedade que valoriza a aparência. Existem padrões de comportamento e de beleza que devem ser seguidos, considerados até a “chave para o sucesso”. Essa superficialidade atual é potencializada pela disseminação das redes sociais, onde os usuários compartilham suas vidas perfeitas, sem nunca existir nenhum conflito ou aparência real.

O número de pessoas obcecadas pela própria aparência e como o mundo as enxerga: em muitos casos, vemos a completa dismorfia corporal. Os retoques estéticos e as cirurgias plásticas acabaram pegando carona nessa onda complexa que envolve mais o que aparentamos do que o que de fato somos. Quem não conhece um indivíduo assim?

Os signos listados a seguir são os que têm mais propensão a se importar mais com a aparência do que com a essência, tanto de si mesmo quanto dos outros. Isso não significa, obviamente, que todas as pessoas destes signos são dessa forma, apenas têm grandes chances de ser assim, mas o mapa astral, em sua integralidade, também influencia muito a personalidade dos indivíduos.


1. Libra

A beleza e a forma como o mundo enxerga os nativos desse signo são uma questão de honra para eles, sendo que jamais deixarão que os outros os vejam desarrumados. Dotados de bom gosto e muito carisma, a forma como se comportam e agem em um ambiente público é completamente calculada.

São capazes de passar horas em frente ao espelho, mas não ficam apenas se admirando, muitos têm uma ausência de autoconfiança grande, o que faz com que enxerguem muitos defeitos em si mesmos. Tendem a querer resolver esses “problemas” através de cirurgias plásticas ou métodos que prometem milagres.

2. Gêmeos


Os geminianos são consumistas ao extremo, e normalmente gastam com produtos completamente inúteis, mas tentam se convencer de que são importantes. Acreditam que são dotados de senso de estilo, por isso gastam muito dinheiro com roupas, já que acham que apenas as de marca valem a pena.

Temendo envelhecer, acabam presos ao passado, podendo até gastar muito dinheiro com cosméticos para suavizar as rugas, por exemplo. No quesito relacionamentos, podem ser tão superficiais quanto, e costumam também não demonstrar muita empatia com o companheiro ou companheira, fazendo críticas em relação à sua aparência.

3. Touro

Os taurinos gostam dos prazeres terrenos, e não escondem isso. São capazes de passar meses juntando dinheiro, economizando em mil saídas para comprar um objeto luxuoso e caro.


São um pouco materialistas e se sentem muito atraídos pela aparência das outras pessoas, percebendo como elas se comportam em público. Não sabem lidar com dinheiro, mas gostam de se cercar de gente abastada, assim fica mais fácil obter o que querem.

4. Virgem

São considerados superficiais porque acreditam que “a primeira impressão é a que fica”, e julgam inúmeras pessoas sem ao menos conhecê-las. Para eles, o que importa mesmo é se “o santo bateu”, e, presos a isso, mostram-se completos arrogantes e materialistas. Não querem se aprofundar muito na história dos outros e são tão exigentes, que acabam perdendo muitos amigos e até familiares, já que a maioria se afasta por vontade própria.

5. Leão


Gostam de todos os holofotes possíveis, como se sempre estivessem desfilando em uma passarela. Querem ser o centro das atenções e de todas as discussões, sejam boas ou ruins.

Muito egocêntricos, acabam falando mais de si mesmos do que criando conexões verdadeiras com o próximo. Normalmente, os signos de fogo querem uma horda de seguidores apenas cumprindo seus desejos, por isso, não se importam muito com a vida dos outros.

Estes são considerados os cinco signos mais superficiais, que valorizam mais as aparências do que as relações humanas, por isso são considerados egocêntricos e com pouquíssima empatia.


Padre Fábio de Melo: “Antes de pedir a Deus, pergunte-se: depende Dele ou depende de mim?”

Artigo Anterior

Esta mulher já gastou mais de R$ 1 milhão comprando casas para famílias desabrigadas!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.