Os cães sentem emoções de forma semelhante às crianças!



Nos últimos anos, muitos estudos científicos vêm provando que os cães podem sentir de forma muito semelhantes aos humanos.

Um novo estudo americano, da Universidade Emory em Atlanta mostra que os cães podem sentir de forma semelhante às crianças. Isso porque o seu nível de sensibilidade é muito parecido.

Um estudo com cães realizado pelo neurologista Gregory Bens, demonstrou que os cães e as crianças compartilham o mesmo nível de sensibilidade. Nesse estudo, diversos cães foram colocados em um scanner de ressonância magnética. Durante esse período, eles foram submetidos a diferentes estímulos, que produziam uma atividade cerebral.

A pesquisa mostrou que, à medida que os cães recebiam estímulos relacionados a alimentos ou o cheiro de pessoas conhecidas, sua atividade cerebral era intensificada.

Otimismo e pessimismo em cães

Um outro estudo, realizado pelo grupo de pesquisa da Universidade de Bristol no Reino Unido, sob a liderança do professor Mike Mendl comprovou que os cães também podem ser otimistas ou pessimistas.

Os estudo foi conduzido com 24 cães de um abrigo de deslocalização no Reino Unido. Um dos pesquisadores interagiu com cada cachorro separadamente por 20 minutos. No dia seguinte, esse mesmo pesquisador levou um cachorro por vez ao mesmo quarto em que interagiram no dia anterior e deixou-os sozinhos por cinco minutos. Durante esse tempo, seu comportamento foi gravado.

Os pesquisadores puderam perceber que muitos cães começaram a latir, pular na mobília e arranhar a porta.

Para estudar a tomada de decisão desses cães, os pesquisadores colocaram uma tigela com comida e outra vazia em lugares diferentes dentro do ambiente.

Os cães que se aproximavam das tigelas, esperando uma recompensa foram classificados como relativamente otimistas, e aqueles que não se aproximaram das tigelas foram considerados pessimistas.



O professor Mendl disse: “Sabemos que os estados emocionais das pessoas afetam seus julgamentos e que as pessoas felizes são mais propensas a julgar positivamente uma situação ambígua. Nosso estudo mostrou que isso se aplica também aos cães.”

Os resultados sugerem que os comportamentos muitas vezes considerados problemáticos para os donos realmente têm um significado emocional para os animais, mesmo quando o próprio comportamento não é expresso.

Muitos cães têm a tendência de exibir comportamentos de ansiedade quando deixados sozinhos. Esse conhecido pode ajudar os donos a lidarem melhor com a separação com os cães, para que eles possam reagir melhor e alcançarem um bem-estar positivo quando estiverem sozinhos.


Quais outras semelhanças comportamentais compartilhamos?

Outros estudos sugerem que também podemos compartilhar sentimentos negativos, condições psicológicas crônicas e agudas, como a depressão.

Sintomas semelhantes à depressão clínica, neurose e outras condições psicológicas muitas vezes são aceitos como parte da emoção canina.

Algumas pesquisas também mostram que cães podem ter ciúmes de seus semelhantes. De acordo com cientistas, isso se deve à relação estreita e íntima que os cães têm com os seres humanos.

______________

Direitos autorais da imagem de capa licenciada pelo site O Segredo: alenkasm / 123RF Banco de Imagens






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.