publicidade

Os contrários que nos tornam inteiros…

Já reparou que somos feitos de contrários? E mais: que se não fôssemos contrários não seríamos inteiros?

Bem, basta pararmos um pouco e prestarmos atenção em nosso corpo. Temos o lado direito e o esquerdo, frente, costas, membros inferiores e superiores e se não fosse assim, faltaria alguma coisa. Obviamente que isso não quer dizer que pessoas que não possuem algum ou alguns membros sejam incompletas porque completude não é algo físico, está na alma.



E agora eu lhe faço um convite a essa reflexão:

Nosso interior também é feito de contrários para que sejamos inteiros.

Quando criança, aposto que você assistindo a algum desenho animado já viu algum personagem vivendo um momento de dúvidas e, representando o seu pensamento, havia as figuras de um capetinha e de um anjinho. Você lembra que geralmente essas figuras eram versões do próprio personagem?

Cada um dando uma opinião diferente! Lados opostos de uma mesma mente!

De certo modo, isso também acontece conosco.


Às vezes, esbanjamos bom humor e outras estamos com a irritabilidade à flor da pele. Em alguns momentos somos corajosos e em outros, o medo toma conta.

Não somos uma coisa só!


O cuidado que precisamos ter é o de escolher o que vai predominar em nossa personalidade. Cuidar para calar o que é nocivo e deixar falar o que é evolutivo.

Tentar deixar a generosidade aflorar quando uma situação despertar em nós uma vontade de ter tudo pra gente, pensar no outro quando o egoísmo bater à nossa porta.

Se a gente alimentar o lado bom, o ruim vai definhar por inanição.

Mas não se trata só de olhar para dentro da gente! Essa percepção deve nos permitir olhar o interior do outro.

Ter a consciência de que temos o bem e o mal em nós, deve fazer com que sejamos mais tolerantes com quem passa pela nossa vida, porque eles também são dotados dessa dualidade que é inerente a todos os seres humanos.

Não estou dizendo aqui que a gente vá aplaudir gente mau caráter, dizer amém à violência, corrupção e outros cânceres da nossa sociedade só porque as pessoas são falhas, mas há muitas coisas que podem ser aceitáveis, até mesmo pelo fato de não sabermos em qual pedra nosso pé vai tropeçar.

Portanto somos feitos de dois lados, o que exige de nós uma boa dose de paciência conosco e com o outro quando o pior estiver em evidência, e ao mesmo tempo nos impelir a potencializar nossas qualidades, direcionar o nosso olhar para a luz tentando deixar de lado as sombras, que nos mantém presos à estagnação e às vezes até a involução.

Tudo isso é um processo que demanda paciência, tolerância, vontade e persistência.

Mas eu chego lá! Você também! Errando e acertando, caindo e levantando, pedindo perdão e perdoando, a gente chega lá!

_____________
Direitos autorais da imagem de capa: belchonock / 123RF Imagens

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.