Os efeitos mágicos que a música tem em sua mente:

4min. de leitura

Efeitos da música incluem a melhoria do QI, auxiliam no tratamento de doenças cardíacas e até mesmo podem ajudar a melhorar o seu humor.

Cada fã de um ritmo sabe os efeitos tremendos da música e o poder que ela pode ter sobre nossos pensamentos e emoções.



Uma boa melodia pode transformar um dia comum em algo mágico, ou até mesmo espiritual, causando-nos boas sensações, passando-nos boas mensagens e nos consolando quando precisamos.

1. Os calafrios

Já sentiu calafrios na espinha enquanto escutava música? Estudos indicam que cerca de 90% das pessoas já sentiram isso em algum ponto da vida enquanto ouviam música.

Porém os efeitos que ela causa em você dependem de sua personalidade. Algumas pessoas são mais abertas às experiências vindas da melodia, outras, raramente sentem algo tão profundo , embora ainda sejam grandes amantes da música. No estudo, as pessoas mais abertura à experiência tinham maior probabilidade de vir a  tocar um instrumento musical, e davam muita importância para a arte.



2. Os efeitos de felicidade da música

Não são apenas calafrios que sentimos, a melodia tem grande efeito sobre o nosso humor, escutar ativamente pode nos induzir à liberação de dopamina, o componente químico em nosso cérebro que é responsável pelas sensações de prazer e adrenalina.

Isto sugere que se engajar com a música, ao invés de apenas ouvir passivamente, dá a nós a  experiência extra de poder emocional.


3. Cantar junto nos une

Uma vez que a música é, muitas vezes, uma atividade social, cantar junto de alguém pode tornar essa pessoa mais próxima de você momentaneamente. Cantar em um coral ou em dueto são atividades muito satisfatórias por sincronizar uma pessoa com a outra. Isso aumenta a intimidade dentro do grupo e pode até mesmo fazer as pessoas gostarem mais  umas das outras do que antes.



4. Efeitos da música no coração

Até este ponto nós já entendemos que a música nos faz bem, mas mais especificamente, o efeito restaurador dela nos ajuda a relaxar, diminui a incidência de depressão, ativa os dois hemisférios do nosso cérebro e coloca o nosso coração para trabalhar, músicas como as de Mozart podem aumentar nossos batimentos em até 60 por minuto! Sem contar no exercício que fazemos com o coração ao cantar junto de melodias.


5. Músicas tristes nos confortam

Nós a amamos pelo efeito em nossas emoções, algumas positivas, outras negativas. Em especial quando estamos tristes, ouvir melodias deprimentes tem um efeito de consolo, de alguém passando pela mesma amargura que nós. Experimente ouvir músicas alegres quando você estiver para baixo, será como se houvesse um palhaço insistindo para que você sorrisse em um momento em que você mais quer chorar ou quebrar alguma coisa.

____

Traduzido pela equipe de O Segredo – Fonte: Psyciencia

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.