OS ROMÂNTICOS QUE ME DESCULPEM



Sem essa de eu cuido de você, você cuida de mim. Cada um cuida de si mesmo. Eu te prometo me cuidar, me aperfeiçoar, me tratar bem e continuar buscando o meu melhor para você sempre, desde que você prometa se cuidar para mim. Como posso exigir que alguém me cuide se somente eu sei de meus prejuízos? Eu sei o que me falta. Como posso ser alguém bom o suficiente para outro alguém sem que eu me sinta inteira, ou com tudo em ordem em mesma. Esses clichês eternos nos tornam doentes emocionalmente, nos fazendo ser acomodados e carentes. Depositamos no outro uma responsabilidade que é nossa.

os românticos que

Vamos partir do princípio de que chegamos a este mundo sozinhos, (quero dizer sem um par, exceto quando se é gêmea como eu). Mas enfim, crescemos com toda a ilusão de que o menino vai crescer e encontrar a esposa perfeita que vai “cuidar” dele pelo resto da vida. A menina cresce com o sonho de um príncipe encantado que a “cuidará” por toda a eternidade. Ah por favor, né gente, toda essa ilusão transforma crianças em adultos frustrados e mal resolvidos. Que a gente tenha a consciência de que NÓS é que precisamos tomar a rédea das situações, eu penso que nunca vamos estar 100% bem resolvidos com tudo na vida, mas buscar o melhor já é um bom caminho.



Ser dependente emocionalmente de alguém é assinar sua sentença de morte emocional, viva essa experiência da relação de uma forma sadia, dessa forma a chance de ela perdurar é muito maior. Se ama, se cuida, se ajeita, se conserta, esteja buscando teu melhor para quando rolar o tão esperado encontro, vocês possam desfrutar da segurança que a relação lhes oferecerá.






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.