Os verdadeiros amigos sempre ficam e nunca saem de moda!



Amigo é coisa para se guardar dentro do coração, assim falava a canção… opa, opa, opa! Parado aí! Será que sempre é assim? Sim, não, talvez, todavia, contudo e porém! Depois desse desfile de conjunções, eu explico:

Já tive vários tipos de amigos! Os verdadeiros sempre ficam e nunca eles “saem de moda”, isto é fato.

São como “clássicos”. Podem sair de cena uma vez ou outra, mas sempre voltam, estão sempre em alta! São aqueles que não passam a mão na sua cabeça ou que falam o que você quer ouvir, mas o que você precisa ouvir. Muitas vezes são duros, mas o intuito é o que acontece ao final, ou seja: vê-lo bem! Esses são raros e tão preciosos que precisam ser guardados sim a “sete chaves”! Não em redomas, porque eles gostam de VIVER com você!

Tem aqueles que parecem “bolhas imobiliárias” que chegam como furacão. Intensificam a relação ao máximo, ao extremo, e, de repente, a “bolha explode” e você mal ouve falar dele. Aproveite o convívio. Se ele fez parte de sua vida pelo tempo e período que for, não foi por acaso. Nisso acredito com fé!

Alguns são bailes de carnaval! Vêm com tantas máscaras e adereços, que ao final, quando tiram, você simplesmente não reconhece e não entende como chegaram até você. Dica preciosa: tipo perigoso em que você precisa ficar alerta!

Tem uns que chegam “comendo pelas beiradas”, bem de mansinho, despretensiosos e conquistam um espaço dentro de você que é impossível mensurar. Oh delicia de aconchego!

Voltando aos amigos de verdade, estes sim estão junto com você, chorando, sorrindo, gargalhando, afagando, repreendendo-o, levantando-nos do chão, ajudando a abrir suas asas, enxugando as lágrimas.

São aqueles que podemos abrir o nosso “pior vinho” que a conversa e a companhia continuam sendo as melhores. Conseguem entender nosso mau-humor e ficam no silêncio aguardando o fim de nossos rugidos. Sabe quando você se sente você sendo você sem filtro? Pois é! Estes são amigos de verdade.



Estão disponíveis 5, 10min, horas ou apenas segundo. São cúmplices. Têm abraços para todas as horas.

Amigos de verdade são como terapia! Considero-me uma pessoa de sorte, de muita sorte porque tenho amigos de “categoria 5 estrelas”, dignos de Oscar!

Voltando ao Milton Nascimento, em sua Canção da América:

“Amigo é coisa para se guardar no lado esquerdo do peito, mesmo que o tempo e a distância, digam não, mesmo esquecendo a canção. O que importa é ouvir a voz que vem do coração…”

Por Pathy Bertão. Obrigado a vocês que estão aí, do outro lado, e que moram no meu lado esquerdo do peito. Não preciso nominar. Mas vocês, com certeza sabem quem são!


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: maximkabb / 123RF Imagens






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.