4min. de leitura

Ouça a sua intuição… ela é o seu Anjo da Guarda trabalhando

Segundo o dicionário Aurélio, intuição é a faculdade ou ato de perceber, discernir ou pressentir coisas, independentemente de raciocínio ou de análise.

Além disso, a intuição também é considerada uma filosofia ou forma de conhecimento direta, clara e imediata, capaz de investigar objetos pertencentes ao âmbito intelectual, a uma dimensão metafísica ou à realidade concreta.


Estamos o tempo todo conectados com a energia do Cosmos. A fantástica energia do Universo nos guia, desde a barriga de nossa mãe. Esse mistério prodigioso de reflexos acontece antes mesmo da nossa consciência, é algo sobrenatural, que se dá de uma forma incompreensível, sem nos darmos conta de tamanha veemência.

Evidentemente, precisamos da razão, o “pé no chão” que se alimenta da realidade viva. Entretanto, manter os pés no chão, por incrível que pareça, também é saber ouvir a intuição.

Uma pessoa que segue e acredita na intuição é vista, na maioria das vezes, como um ser que vive no mundo de fantasias. Muitas vezes, vista como tola.


O pensamento analítico é mais valorizado do que qualquer teoria sobrenatural. Mas uma pesquisa recente descobriu que o cérebro humano é uma grande máquina de previsões. Curioso, não?

Para ter sucesso e encontrar sua própria estrada é preciso também ouvir a voz da intuição. Ou você prefere ficar preso numa encruzilhada ou em cima do muro, sempre em dúvida sobre que rumo seguir?

Porque nem tudo é óbvio. Às vezes, é preciso ouvir a voz de dentro, a voz da intuição.

O intuitivo é um autodidata. Deixe-me dar um exemplo: você marcou de ir a uma grande festa com seus amigos, passou a semana inteira ansioso para dançar, beber e colocar o papo em dia com a galera.  De repente, chega o dia, e surge em você um certo desconforto, desses que não tem nome nem explicação, desconforto que não é dor, nem cansaço, nem preguiça, é simplesmente um sentimento de que você não deve ir.


Você não sabe o porquê, mas sente que não deve comparecer a essa festa. Então, você envia uma mensagem aos seus colegas dizendo que não vai mais.

No dia seguinte, o carro em que você iria sofre uma grande batida próximo ao acento que você estaria sentado. Poderia ter sido fatal, se não tivesse ouvido a voz da intuição.

A intuição é desenvolvida com meditação e observação. Às vezes, tomamos certas decisões, sem compreender, depois descobrimos que estávamos certos, é o nosso inconsciente nos dando uma forcinha, é a intuição nos guiando para o caminho certo.

A intuição não é desorientação é um presente, é um dom. Quando sentir que não deve ficar em um determinado lugar, vá embora. Quando sentir que precisa fazer algo, faça, desde que não prejudique ninguém.

Sempre há um sinal da sua intuição. Em ditos populares é o “seu anjinho da guarda trabalhando”. Tenha os pés no chão, mas não perca os sinais que seus instintos tentam lhe mostrar.


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: 123RF Imagens.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.