Notícias

P.A minimiza perder Bolsa Atleta: “Vou reconquistar tudo o que eu mereço”

Foto: Reprodução
Paulo andre 1

Vice-campeão do “BBB 22”, P.A teve sua Bolsa Atleta suspensa durante o reality por não estar cumprindo o programa anual de treinamento. O velocista ganhou medalha de prata nos Jogos Pan-Americanos de Lima, em 2019. Com a grande visibilidade que recebeu durante o programa, Paulo André reforça que sua prioridade continua sendo o esporte.

“Eu entrei no programa para abrir portas na minha vida pessoal e na minha vida como atleta, estou muito feliz que eu saí na casa e já tive um retorno positivo nesse lado”, declarou em entrevista coletiva.

“Ainda não consegui absorver tudo, mas sem dúvida foi de uma importância muito grande. Ser atleta no Brasil é muito difícil. Ser atleta no mundo é muito complicado, mas no Brasil a gente tem uma dificuldade maior, ainda mais no atletismo, que é um esporte com tão pouca visibilidade. Aceitei porque queria um novo desafio e uma nova experiência na minha vida. Quero me abrir a experiências novas, mas o atletismo ainda é a coisa que eu mais amo.”

No entanto, ele garante que ter perdido a Bolsa Atleta será recompensada:

“Fiquei sabendo de forma bem superficial, mas não tenho muito o que falar sobre isso porque se eles fizeram isso é porque tinham uma expectativa. Mas eu confio no meu potencial e sei que vou reconquistar tudo o que eu mereço.”

Jadré

Surpreso com a repercussão de ter ficado com Jade Picon durante o reality, o velocista reforça a fala da influenciadora sobre eles não terem combinado um relacionamento fora da casa.

“Para ser sincero, eu não sabia que tinha repercutido tanto, até porque nós éramos o casal com menos… não sei explicar, parece que lá dentro éramos menos vistos como casal que os outros casais de fato. A Jade é uma pessoa muito maneira, mas ainda tenho que assimilar as coisas, e ver sobre o Paulo André. Organizar eu mesmo na cabeça antes de pensar em outras coisas.”

“O privilégio de ajudar pessoas”

Além do prêmio de vice-campeão, P.A acumulou outras vitórias dentro da casa, e recebeu mais prêmios em dinheiro. Sobre o que fazer com o que ganhou, ele diz que ainda não conseguiu parar e pensar, mas que investir no esporte é um objetivo.

“O que ganhei de premiação ainda nem pensei o que fazer, nem parei para pensar no valor exato que ganhei lá dentro”, confessa. Eu estava querendo sobreviver dentro do jogo. Tenho, sim, meus objetivos aqui fora para elevar o nome do esporte, ajudar crianças. Tenho esse sonho de ter o privilégio de ajudar pessoas. Mas ainda preciso organizar as coisas e conversar com a minha família e a minha equipe para ver o que vou fazer com essa grana.”

0 %