publicidade

Padre celebra missa com sua cachorrinha para não deixá-la sozinha. Amor pelos animais!

Gerardo Zatarain acredita que o amor pelos animais também é algo que deve ser demonstrado no cotidiano, e deu um belíssimo exemplo ao celebrar a missa com sua amiga de quatro patas no colo!



A maioria das pessoas demonstra muito amor pelos animais de estimação. Dando-lhes uma vida de conforto e recheada de amor, exercem a afetividade pelos bichinhos diariamente. Os companheiros peludos precisam de muito pouco para se sentir bem: amor, alimentação, um local seguro para viver, lazer e companhia.

Pode parecer simples mas, muitas vezes, precisando cumprir longas jornadas de trabalho, acabamos deixando nossos amigos muito tempo sozinhos. Não se pode esquecer que, assim como qualquer ser humano, os animais também sentem solidão, sentem medo com as mudanças na rotina e precisam da companhia de seus donos para sentir segurança.

O padre Gerardo Zatarain, em Torreón, no México, sabendo das necessidades de sua companheira, decidiu celebrar uma missa com a pequena no colo. A atitude surpreendeu os fiéis, que acabaram compartilhando o momento nas redes sociais. Muito conhecido na Comarca Lagunera, região no norte do México, que abarca os estados de Durango e Coahuila, o padre tomou a decisão de levar a cadelinha para que ela não se sentisse sozinha.

Para o pároco, a atitude não deve ser encarada como algo “especial”, segundo publicação da página Defensoria Animalista Torreón, ele acredita que essa é apenas uma manifestação do amor que Deus confiou aos seres humanos.

E, nas imagens compartilhadas, é possível perceber que a amiga não atrapalhou a celebração, permanecendo no colo do dono, enquanto ele trabalhava.


Direitos autorais: reprodução Facebook/Defensoria Animalista Torreón.

Zatarain trocou de paróquia recentemente e, consequentemente, de casa. A mudança atingiu em cheio sua companheira, que estava estranhando toda a movimentação. Isso fez com que ele tomasse a iniciativa de levá-la consigo para as celebrações da missa, algo que agradou muito a quem estava presente, mostrando que o padre se expressa não apenas pelas palavras, mas também pelos seus atos.

Na internet, as imagens dividiram opiniões. Muitos usuários acharam que o comportamento do padre era uma afronta aos costumes da religião, fazendo parecer que ele estava “em um parque” e não à frente de uma importante celebração.

Outros reforçaram os comentários dos fiéis que acompanharam a missa, acreditando que ele compartilha seu amor pelos animais de forma séria e responsável.


Os animais, infelizmente, não sabem exprimir seus sentimentos com palavras, ou pelo menos com nosso vocabulário, mas isso não significa que estejam sempre bem. Quando levamos a sério o ato de cuidar, tomamos atitudes que nem sempre serão encaradas de forma positiva pelos outros. Em seu perfil no Facebook, o padre compartilha mensagens de amor e carinho, além de pedidos de ajuda e resgate, para vários animais.

É possível perceber que o padre não tomou essa atitude na intenção de profanar a igreja ou faltar com respeito aos fiéis mas, sim, de fazer do templo de Deus um local acessível a todos os seres vivos.

O que você acha dessa situação?

Comente abaixo sua opinião sobre o assunto e compartilhe-lo nas suas redes sociais!

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.