Comportamento

Padrões de pensamentos e reações emocionais

2013 01 22 17 55 48 repressao

Pessoas mais autoconfiantes mantêm serenidade e pensamentos positivos, não se desesperam quando surgem os problemas e, principalmente, mantêm-se focadas no que precisam fazer.



Já as que se acham menos eficazes tendem a ficar nervosas e, muitas vezes, agressivas na hora da pressão.

Você já observou pais inseguros quando um filho apresenta um problema?

É uma briga atrás da outra, e a família passa  a ter dois problemas: o do filho e o dos pais inseguros.


Você já viu um marido inseguro apaixonado pela esposa?

Qualquer briga e ele ameaça terminar o casamento. Parece uma criança mimada querendo voltar para a casa da mãe. Talvez essa atitude não seja a que ele quer ter, mas é o que ele faz porque não tem serenidade para procurar superar as dificuldades.

Pessoas com maior autoconfiança conquistam grandes vitórias por várias razões: lutam mais, estudam mais, superam os desafios. Mudam quando é preciso, pedem ajuda e, principalmente, persistem até conseguirem o que querem na vida.

Agora pare por um instante e responda a essas perguntas:


Você escolhe fazer o que precisa ser feito para realizar seus sonhos ou simplesmente prefere ficar apenas com o que sabe fazer?

Você mantém a dedicação quando os problemas aparecem?

Como estão seus resultados?

 Você procura outras opções quando os resultados não estão acontecendo do jeito que você os planejou?


papeira

Sua autoconfiança é que vai determinar as metas que você criará para sua vida.

Uma pessoa sem confiança em sua capacidade criadora somente pensará em dinheiro, enquanto outra que tenha mais autoconfiança vai se propor uma vida de felicidade e realizações.

A confiança em si mesmo definirá a elaboração dos seus resultados. Quando eles são positivos, é fácil celebrar.


Mas, quando forem negativos, apenas quem tem boa autoconfiança é que vai procurar fórmulas para evoluir com a situação. Aqueles que não têm confiança em si vão simplesmente procurar dar uma desculpa para justificar suas falhas e acusar alguém por não terem dado certo, ou, ainda, desistirão de suas metas.

A qualidade do seu comprometimento e de suas ações depende do que está dentro de sua mente.
Tudo começa com você dando a si mesmo um voto de confiança e acreditando que pode melhorar como pessoa. E passar a desfrutar melhor de sua vida.

Como disse o escritor alemão Johann Wolfgang Von Goethe:


“Somente quando uma pessoa aprender a acreditar em si própria é que ela saberá o que é viver”.

 

Do livro: A Coragem de Confiar: O Medo é o Seu Pior Inimigo, de Roberto Shinyashiki

 


Fotógrafo usa câmera caseira para captar imagens fantásticas de flocos de neve

Artigo Anterior

Comprometa-se com sua meta!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.