Comportamento

Pai cobra R$ 500 da ex para cuidar da filha de 5 anos por um dia

O homem compartilhou sua atitude na internet e acabou sendo alvo de muitas críticas. Confira!



Um pai revoltado compartilhou no Reddit a atitude “drástica” que tomou com a mãe de sua filha após um imprevisto. O caso gerou polêmica na rede social.

O homem, que não se identificou, revelou que cobrou US$ 100 (equivalentes a R$ 500) da ex-companheira por ser forçado a faltar ao trabalho para cuidar de sua filha, de 5 anos. Segundo o pai, ele e a ex têm um acordo de custódia e pensão alimentícia para a filha Sumara desde que se separaram.

Ele afirmou que cumpre a sua parte à risca e organiza sua vida para nunca faltar com as obrigações, porque sabe que isso beneficiará a criança, mas que a ex sempre foi bastante desorganizada.


Há algumas semanas, a mãe de Sumara ligou para o ex-companheiro no começo da manhã dizendo que ele teria de ficar com a filha porque ela teria de trabalhar, e a avó e a tia da menina, que dela cuidam diariamente, não poderiam fazê-lo naquele dia. A avó tinha sofrido uma queda e a tia a levou ao hospital.

O pai, que disse que não era a primeira vez que esse tipo de situação acontecia, disse que isso não era um problema quando ele não tinha um emprego, mas que agora não podia “largar tudo” sempre que ela precisasse.

Depois de a ex confirmar que não tinha nenhuma outra opção, ele ligou para seu chefe e pediu a folga, ressaltando que, para novos funcionários, o dia sem trabalhar não era remunerado, e que não era bem-visto que avisasse da falta no último minuto.

O homem ficou com Sumara o dia todo e, quando a mãe da menina apareceu para buscá-la, no final do dia, ele contou que lhe cobrou o valor referente a um dia de trabalho, justificando que havia “perdido dinheiro” por não ter ido trabalhar.


Ele disse à ex que compreendia que se tratava de uma emergência, mas que a culpa era dela por não ter um plano de emergência. Ainda acrescentou que o dinheiro que lhe dá mensalmente também é para cobrir custos de cuidado com a criança e que ele não pode deixar de trabalhar e ainda cumprir com o compromisso financeiro.

Segundo o pai, a ex ficou furiosa com a sua decisão, proferindo-lhe ofensas, indignada por ele ter cobrado por cuidar da própria filha. No entanto, ele manteve sua posição e recebeu o dinheiro.

Ele perguntou aos outros usuários da rede social se estava errado em sua atitude, justificando que nem foi tanto pelo dinheiro, mas para tentar mostrar-lhe que não estava sendo “uma mãe responsável” e que precisa enfrentar punições por sua falta de organização.

Embora muitas pessoas tenham mostrado apoio a ele, concordando que a sua ex deveria buscar outras soluções para esse tipo de imprevisto, ele também recebeu diversas críticas.


Um usuário disse que ele estava muito errado em cobrar, que não perdeu tanto dinheiro e que emergências não podem ser planejadas. Em outro comentário, ele foi aconselhado a devolver o dinheiro e pedir desculpas.

Ainda houve gente dizendo que não há “vencedores” nessa situação e que ambos os pais precisam se alternar para oferecer o melhor cuidado à menina, acrescentando que, mesmo sob a custódia da ex, a menina ainda é sua filha e precisa ser cuidada.

Toda essa polêmica certamente fará o pai repensar sobre o seu posicionamento, ainda que continue acreditando ter tomado a atitude correta. De tudo isso, uma coisa é fato: é responsabilidade de ambos zelar pelo bem-estar da criança.

 


Direitos autorais da imagem de capa: Depositphotos.

Madrasta adota 2 enteados abandonados pelas mães, os quais criou e amou como filhos!

Artigo Anterior

Pernambucano de 17 anos é escolhido entre 10 mil candidatos e ganha bolsa para Harvard!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.