Notícias

Pai de menino de 13 anos que matou mãe e irmão pede para filho não ficar preso: “É um menino bom”

Foto: Arquivo pessoal
Pai de menino de 13 anos que matou mae e irmao pede para filho nao ficar preso E um menino bom

Benedito da Silva, 57, foi baleado pelo filho de 13 anos após retirar o celular do menino por conta das notas.

O ex-militar fez um apelo para que o filho Samuel não fique preso pois é um menino bom e sofreu grandes influências para ter tido o comportamento que teve.

O adolescente matou a mãe e o irmão de 7 anos a tiros no último sábado. O pai segue internado na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande. No áudio, Benedito não culpa o filho e atribui o ato a jogos virtuais.

“Eu atribuo essa atitude a alguns jogos que ele estava assistindo: ‘Free Fire’, àquela ‘Série de Naruto’, que não valorizam a família. E também, eu vi algumas conversas com colegas dele falando em oprimir os pais, os professores. Então, tudo isso foi influência, mas ele é um menino bom, menino obediente. Eu não quero que ele fique preso, ele tem que ficar em liberdade, ele é uma criança boa, vou cuidar dele com todo o meu amor”.

O sargento pede ainda para o garoto não ficar preso. “Gostaria só de dizer nesse momento que Samuelzinho é uma criança boa, foi criado com muito carinho, com muito amor. Foi um pedido que eu fiz a Deus. Por isso que o nome dele é Samuel. Esse incidente foi uma coisa muito dura para a gente, mas isso não quer dizer que ele seja um menino mau”.

Pai de menino de 13 anos que matou mae e irmao pede para filho nao ficar preso E um menino bom 2 1

Menino de 13 anos mata a família a tiros por não deixarem usar o celular (Foto: Reprodução / TV Cabo Branco)

0 %