Família

Pai deixou emprego para cuidar de filha com doença rara: “Eu a amo demais”

capapai deixou emprego para cuidar de filha com doenca rara Eu a amo demais

A dedicação desse pai foi vista por pessoas de todo o país, que se uniram para ajudar sua família. Confira!



Wesley Rosa Pereira, de 24 anos, que vive em Goiânia (GO), é um daqueles pais que despertam orgulho em qualquer um. Apesar de muito jovem, mostrou profundo senso de responsabilidade no ano passado, quando sua história ganhou espaço na internet.

Segundo contado em matéria do G1, o homem, que é casado com Geiza Pinheiro dos Santos, tem uma filha chamada Ana Clara dos Santos, que nasceu com uma doença rara.

A menina, atualmente com mais de um ano, foi diagnosticada com holoprosecefalia, macrocefalia, hidranencefalia e insuficiência respiratória, condições referentes a malformações cerebrais e no crânio.


Desde o começo da gravidez, a saúde da filha é motivo de preocupação para o casal. Wesley contou que, no terceiro mês de gestação, o médico disse que a criança não sobreviveria, mas que eles sempre tiveram fé.

2pai deixou emprego para cuidar de filha com doenca rara Eu a amo demais

Direitos autorais: arquivo pessoal.

Com apenas 4 meses de vida, ela já havia passado por quatro cirurgias e permanecido 72 dias na UTI. Por conta da doença, Ana não poderá comer sozinha, falar e andar, segundo o pai, que deixou o emprego para se dedicar totalmente à criança.

No entanto, isso prejudicou seriamente a condição financeira da família, que já não era das melhores. No ano passado, Geiza era a única a trabalhar para garantir o sustento da família, mas o seu salário era insuficiente para tanta despesa.


Eles pediam ajuda e sobreviviam de doações de uma igreja. O casal chegou a vender eletrodomésticos, como a televisão, para fazer as mínimas adaptações necessárias na casa e comprar a medicação da filha que, junto com materiais de higienização das sondas, através das quais ela se alimenta, e curativos, geram um custo mensal de mais de R$ 1 mil. Wesley relatou que foi cinco vezes à prefeitura da capital em busca de ajuda, sem nunca consegui-la.

3pai deixou emprego para cuidar de filha com doenca rara Eu a amo demais

Direitos autorais: arquivo pessoal.

Felizmente, ele e a esposa conseguiram uma ajuda incrível através da internet. Uma vaquinha online foi criada por pessoas que ficaram sabendo das necessidades da família, e mais de mil apoiadores arrecadaram mais de R$ 120 mil para dar uma vida melhor à pequena Ana Clara. Que essa família continue sendo abençoada e que o amor e a dedicação se mantenham sempre presentes em suas vidas!


É possível ser feliz sozinho? Joelma, solteira aos 47 anos, diz: “Estou feliz, plena e completa”

Artigo Anterior

Mãe abraça filho e evita o esmagamento da criança por uma montanha de tijolos

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.