Comportamento

Pai leva filha que queria ser tiktoker ao invés de estudar para trabalhar como pedreira

Foto: Reprodução
capa site Pai leva filha que queria ser tiktoker ao inves de estudar para trabalhar como pedreira

O homem explica que a menina não queria mais ir à escola, por isso decidiu mostrar que o trabalho braçal seria muito pior.

A educação de crianças e adolescentes é um dos maiores desafios da sociedade, principalmente porque poucos agentes se preocupam com esse segmento.

Além de não ter voz, muitos jovens encontram uma comunidade que hostiliza seus sentimentos e acredita ser normal a punição como principal instrumento de coerção.

A quantidade de vídeos que mostram pais e/ou responsáveis aplicando punições nos filhos comprova que grande parte da sociedade aprecia esse tipo de conteúdo, principalmente quando viraliza.

Um caso semelhante que acabou caindo nas redes sociais foi o de uma adolescente levada pelo pai para trabalhar como “pedreira”, dessa forma ela veria que o melhor caminho seria estudar, e não nutrir sonhos de ser influenciadora digital.

De acordo com a publicação, Estrella, que vive no México, sonhava em abandonar os estudos para se dedicar integralmente à carreira de tiktoker. O plano incluía, de acordo com o jornal Exafm, o namorado da jovem, que também partilhava do sonho. Sem contar a história ao pai, assim que ele descobriu os planos da menina, decidiu tomar uma atitude drástica.

Acreditando que ela era muito jovem para tomar a decisão de abandonar a escola, ele queria mostrar quão duro trabalha para oferecer a ela uma realidade minimamente confortável. Seu plano foi levar a menina para um dia de trabalho ao seu lado, carregando peso e fazendo atividades braçais. Empregado como pedreiro, ele reforçou que gostaria apenas de mostrar a ela o tipo de emprego que ela encontraria no futuro, caso não se dedicasse aos estudos agora.

2 Pai leva filha que queria ser tiktoker ao inves de estudar para trabalhar como pedreira

Direitos autorais: Reprodução TikTok/ @susyjimenez0

O vídeo publicado por Susie Jimenez mostra um pouco do diálogo de pai e filha e as intenções dele de levá-la para o seu trabalho. Vestindo o uniforme da escola e com sua mochila às costas, a adolescente tenta erguer um saco de cimento, como manda o pai, mas pelo tamanho, peso e força, é possível ver que ela não consegue.

A menina explica que o sermão do pai continua sendo inútil, já que ela ganharia muito mais sendo tiktoker do que em qualquer outra profissão, inclusive de pedreira. O pai resolveu explicar que aquilo era um sonho muito distante da realidade e que ela acabaria pedindo dinheiro na rua ou trabalhando como operária em uma indústria qualquer, ganhando muito pouco no futuro.

Como Estrella não consegue erguer o saco de cimento, o pai reforça que ela não nasceu para fazer serviços braçais e que seria muito doloroso encarar esse tipo de ocupação no futuro. “Você não foi feita para essas coisas, Estrella, você foi criada de forma delicada. O mundo real é difícil, no mundo real você tem que ganhar dinheiro com o suor da testa”, disse o pai, reforçando que os vídeos no TikTok não trariam nada de bom à filha.

3 Pai leva filha que queria ser tiktoker ao inves de estudar para trabalhar como pedreira

Direitos autorais: Reprodução TikTok/ @susyjimenez0

A atitude do pai dividiu opiniões, mas foi massacrante o número dos que concordaram com sua atitude, enfatizando que é apenas com exemplos que os adolescentes aprendem. Muitos defenderam que ele queria apenas dar uma “excelente lição” na filha e que essa foi a forma que encontrou para fazer com que ela entendesse a realidade.

Outros usuários explicaram que ela poderia se dedicar à profissão de influenciadora, mas que jamais deveria abandonar os estudos, primeiro, porque mostra comprometimento e disciplina, algo que todo influenciador afirma ser necessário; segundo, porque caso as coisas não saiam como planejadas, Estrella ainda terá uma profissão, um “plano B”.

4 Pai leva filha que queria ser tiktoker ao inves de estudar para trabalhar como pedreira

Direitos autorais: Reprodução TikTok/ @susyjimenez0

Outros deram exemplos da própria vida ou de conhecidos, mas sempre mostrando à jovem que a educação não poderia ser negociada, ainda que a forma de o pai demonstrar isso não tenha sido “certeira”. Levar a menina a um canteiro de obras foi a maneira que o pedreiro encontrou de ensinar à filha o valor do estudo.

0 %