Comportamento

Pai leva menina às compras após sua filha praticar bullying com ela por sua forma humilde de se vestir

O pai encontrou uma maneira muito interessante de punir sua filha por ser uma valentona, e ainda ajudou outra jovem que passava por dificuldades. Entenda!



O bullying é um estilo de comportamento muito prejudicial, que causa marcas emocionais profundas naqueles que crescem sendo atacados por sua realidade de vida ou aparência.

Muitas vezes, esse comportamento começa cedo, seja dentro de casa ou em ambientes externos, como a escola, e requer a atenção especial dos pais para que seja interrompido antes que se torne perigoso demais.

Há alguns anos, um pai dos Estados Unidos tomou uma atitude memorável para punir sua filha que estava sendo uma “valentona” na escola. Sua punição certamente fez com que a menina repensasse sobre a maneira como trata as pessoas ao seu redor.


Direitos autorais: reprodução Facebook/Randy Smalls.

Randy Smalls contou ao canal de televisão Live5 WCSC, afiliado à CBS, sobre como combateu o bullying praticado pela própria filha. Por meio da ligação da mãe da menina, ele descobriu que sua filha pré-adolescente estava intimidando uma das colegas de classe por conta das suas roupas humildes e seu cabelo.

A colega de classe da filha era Ryan Reese, que contou que o bullying a estava fazendo desenvolver depressão, diminuindo sua autoestima, por isso decidiu contar para a mãe, que recorreu a Randy.

Como já sofreu bullying na adolescência, o pai compreende muito bem os prejuízos desse comportamento, então decidiu agir rapidamente, e de maneira muito inteligente. Ele usou o dinheiro com o qual a filha compraria roupas para si para dar um banho de loja em Ryan.


Segundo ele, esse foi o castigo perfeito, porque a filha já estava contando com o dinheiro e porque ela gostava muito de moda. Randy também levou a menina ao cabeleireiro para uma transformação completa e se sentisse muito melhor. O homem disse que é necessário que os pais assumam a responsabilidade pelas coisas que os seus filhos fazem.

Direitos autorais: reprodução Facebook/Randy Smalls.

Nas redes sociais, o pai compartilhou algumas imagens de Ryan transformada, contando a história. Ele ainda disse que não admite bullying e que gostaria de mostrar a outros pais a maneira como lidou com esse comportamento.

Sua atitude foi bastante elogiada por lá, mas também impactou diretamente a vida da menina. Ryan, que virou amiga de Randy desde o ocorrido, disse que ele fez algo por ela que dinheiro nenhum pode comprar.


A menina perdeu seu pai e disse que viu no desconhecido a primeira figura paterna da sua vida e que finalmente tinha alguém que podia admirar. A atitude desse pai não apenas ensinou uma poderosa lição à sua filha, como deu à vítima de bullying um pouco de esperança. Que grande exemplo!

Ex-catador de latinhas faz sucesso na web e está construindo casa para a mãe: “Dou tudo que ela merece”

Artigo Anterior

Na Argentina, “cuidados maternos” serão reconhecidos como trabalho e contarão para aposentadoria!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.