Comportamento

Pai milionário é criticado nas redes por não usar o próprio dinheiro. Família chega a passar frio no inverno!

6 capa Pai milionario e criticado nas redes por nao usar o proprio dinheiro familia chega a passar frio no inverno

Roc vive uma realidade muito diferente da maioria dos milionários, e seus quatro filhos compartilham da maioria de suas iniciativas como ativista ambiental.



Temos uma ideia consolidada de como a maioria das pessoas milionárias se parecem, em seus carros luxuosos, mansões impecáveis e estilo de vida incomparável. Mas não são todos os que têm dinheiro que compartilham desse mesmo ideal, alguns preferem defender o meio ambiente e o clima, deixando de lado o conforto.

Roc Sandford é a pessoa que prefere viver de forma diferente dos demais milionários. Aos 63 anos, ele vive na remota ilha Hébrida de Gometra, na Escócia, em uma propriedade que ele comprou na década de 1990. Ativista do clima e pai de quatro filhos, ele afirma que tem a missão de não usar nenhum tipo de combustível fóssil, e vive sem carro, água quente ou qualquer tipo de aquecimento elétrico, considerando que vive em um país em que no inverno a temperatura fica abaixo de zero.

Todos os seus filhos receberam a melhor educação que ele poderia oferecer, em Londres (Inglaterra), mas passavam as férias escolares em sua companhia, na pequena e afastada ilha. De maneira descontraída, em entrevista ao The Sun, o ativista contou que a residência não possui sistema central de aquecimento e que o clima frio já chegou a congelar o chá que ele bebia, o que o deixou animado.


Mesmo recebendo críticas por seu estilo de vida diferenciado, Roc explica que a casa em que mora foi construída há mais de 160 anos e que mesmo que possa parecer abandonada para os padrões das outras pessoas, para ele é um lugar incrível.

As paredes não são pintadas, e como a ilha fica no Atlântico, a umidade tende a descolar o papel de parede, deixando a aparência ainda pior.

6 2 Pai milionario e criticado nas redes por nao usar o proprio dinheiro familia chega a passar frio no inverno

Direitos autorais: reprodução/arquivo pessoal.

O ativista gera a própria energia elétrica por um painel solar, mas admite que só precisa para que o computador, os telefones e as tochas funcionem. Quando perguntado se sente falta de algo na vida ocidental regular, ele afirmou que talvez da máquina de lavar, mas que é um item de luxo e que pode facilmente lavar suas roupas à mão.


Roc ainda explica que cultiva os próprios vegetais e, caso precise de algo que não encontre na ilha, ele pede na ilha vizinha, mas demora cerca de seis dias para receber suas encomendas.

Ele se declara vegano, mas revela que alguns de seus filhos seguem a dieta “freegan”, que é quando a alimentação sai apenas das sobras encontradas nas latas de lixo. A família costuma ir a um estabelecimento que vende comidas e espera até o local fechar, depois todos se sentem à vontade para comer tudo o que estiver disponível.

6 3 Pai milionario e criticado nas redes por nao usar o proprio dinheiro familia chega a passar frio no inverno

Direitos autorais: reprodução/arquivo pessoal.

O pai conta que seus filhos aprenderam a cozinhar aos 10 anos, além dos demais afazeres domésticos, já que tinham a obrigação de aprender como uma casa funciona. Roc acredita que sua criação foi capaz de deixá-los mais resistentes, já que tiveram de lidar, desde cedo, com a falta de água quente e outras “regalias”.


Segundo Roc, ele já chegou a presentear seus filhos no Natal com lixo embrulhado em jornal, já que achava supérfluo gastar dinheiro com brinquedos.

Mesmo assim, acredita que acertou na criação, já que eles tiveram muita liberdade e puderam crescer livres, ao invés de aprisionados pelo trânsito.

6 4 Pai milionario e criticado nas redes por nao usar o proprio dinheiro familia chega a passar frio no inverno

Direitos autorais: reprodução/arquivo pessoal.

O escocês acredita que não doutrinou os filhos, apenas mostrou seu estilo de vida, e eles seguiram por acreditar que era bom. Sua filha mais nova, Blue, já chegou a protagonizar grandes manchetes, depois que ficou no subsolo por 30 dias, como forma de protesto. O pai se sente orgulhoso e satisfeito, embora em alguns momentos também sinta um pouco de receio e medo pela segurança dos filhos.


O que acha deste caso?

Comente abaixo e compartilhe-o nas suas redes sociais!

Cão conforta amigo potrinho, que ficou órfão. Amizade que fortalece!

Artigo Anterior

Marido pede divórcio porque a mulher “não lava roupas e não cozinha”

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.