Notícias

Pai pede prisão perpétua para homem que matou os seus quatro filhos e ex-esposa: “Merece sofrer a vida toda”

Pai pede prisao

Um pai arrasado, que teve quatro filhos e ex-esposa  assassinados pelo novo marido dela, está implorando ao governo para garantir que o assassino morra atrás das grades. No ano de 2000, Lee Ford, na época com 33 anos, estrangulou seus enteados — Sarah Jane, 17, Anne Marie, 16, Steven, 14 e Craig, 13 — com uma corda em sua casa, que ficava no topo de uma colina, na pacata vila de Carnkie, em Cornwall, Inglaterra. Ele ainda espancou sua esposa, Lesley, 36, até a morte com um bastão. Depois de cometer os assassinatos brutais, ele escondeu os corpos em um depósito de lenha, onde permaneceram por semanas até serem encontrados.



Ele disse às pessoas que Lesley o havia deixado, mas não levou as crianças. No entanto, o assassino recebeu cinco sentenças de prisão perpétua, mas atualmente cumpre uma pena mínima de 27 anos de prisão. No entanto, Ford nunca revelou por que ele matou a esposa e os quatro filhos que ela teve com o ex-marido, Michael Tranter, hoje com 60 anos.

O pai enlutado teme que, graças as regras da liberdade condicional, o assassino de seus filhos comece a ser preparado para sua libertação em menos de quatro anos. Por isso, ele lançou uma campanha pedindo ao governo que garanta que ele permaceça na prisão. A petição reuniu mais de 13 mil assinaturas de apoio, desde que foi lançada, há um mês. Michael disse que finalmente “encontrou forças” para lançar a campanha e visitar o memorial feito para seus filhos na antiga escola deles.

“Foram 21 anos de tortura e isso realmente me mudou como pessoa. Eu me sinto como se eu fosse o único condenado à prisão perpétua. Depois do 20º aniversário dos assassinatos, tenho ficado cada vez mais ansioso ao saber que ele pode sair da prisão. Pelo que fez, ele merece sofrer pelo resto da vida. Só quero que alguém me diga que o homem que matou meus filhos e a mãe deles nunca mais será livre”, desabafou, segundo o site Mirror.


2 murderer lee ford who killed family in carnkie could be released in coming yearslee ford murdered h

Da esquerda para a direita: Craig, Anne-Marie, Sarah-Jane, Steven e a mãe, Lesley (Foto: Reprodução/Mirror)

Na época, Ford até tentou sacar o salário da mais velha, que trabalhava em uma rede de fast food. Dias antes de o primeiro corpo ser encontrado, ele perguntou a um vizinho se poderia guardar alguns presentes de Natal em sua casa para que as crianças não os encontrassem. Depois, enterrou novamente os corpos em decomposição de Sarah e Anne Marie em um campo e foi preso antes que pudesse mover os outros de lugar. Ford nunca explicou por que os matou, mas a polícia acredita que ele estava envolvido sexualmente com Sarah. Ele disse à polícia: “Pela minha vida, nem mesmo entendo por que fiz o que fiz”.

“Eu sabia que algo estava errado assim que me disseram que Lesley e as crianças estavam desaparecidas. A morte deles me matou, eu bebi muito para tentar anestesiar a dor”, disse Michael. Ele agora é casado com Pauline Tranter, 56, e tem enteados — Robert, 32, e Darren, 28, bem como uma enteada de 37 anos de um relacionamento anterior, —, mas não teve mais filhos biológicos. Ele nunca desejou ver o homem que matou seus filhos. “Ele poderia me fazer sentir centenas de vezes pior. Mas se eu fizesse, gostaria de perguntar por que ele fez isso. Eu gostaria de saber por que ele sentiu a necessidade de matar meus filhos”, disse.

0 swns fathers campaign 007

Lee não contou o motivo dos crimes (Foto: Reprodução/Mirror)


Sobre a libertação, segundo a sentença, Ford deveria permanecer preso até 2027. No entanto, segundo o site Mirror, em alguns casos, uma “revisão” pode ser realizada dois anos antes de um prisioneiro atingir sua sentença mínima, na qual é feita uma avaliação se ele estará apto para libertação. O Secretário de Estado analisa tais casos e, em seguida, faz uma referência ao Conselho de Liberdade Condicional.

“Durante anos fui solicitado a falar sobre o que aconteceu, mas não estava pronto. Agora que ele pode sair daqui a alguns anos, é a hora certa para começar a falar. Se ele for solto, ninguém estará seguro. Eu acredito que ele mataria novamente. O pensamento de que ele pode sair em breve depois do que fez me deixa cada vez mais irritado. Aquele homem merece sofrer a vida toda pelo que fez. Ele acabou com cinco vidas. Sinto que sou o único condenado à prisão perpétua depois do que ele fez à minha família”, lamentou.

0 swns fathers campaign 003

Direitos autorais: Reprodução/Mirror.


Mesmo presa, ex-deputada Flordelis fica noiva de produtor musical

Artigo Anterior

Pai cria remédio em casa para doença rara do filho de 2 anos

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.