Notícias

Pantanal versão espírita: Maria Marruá reencarna em filha de Juma

Foto: Reprodução
Pantanal versao espirita Maria Marrua reencarna em filha de Juma

Pantanal seguirá os enredos das novelas espíritas e terá uma reencarnação. Ao menos é o que apontará uma previsão do Velho do Rio (Osmar Prado) na novela das nove da Globo. Em uma conversa com Juma (Alanis Guillen), o místico dirá que a alma de Maria Marruá (Juliana Paes) terá voltado ao mundo no corpo da filha da mocinha com Jove (Jesuita Barbosa).

Apesar do término conturbado que assolou a relação entre os pombinhos, os jovens encontrarão o caminho de volta um para o braço do outro. A mulher-onça perceberá que ama o rapaz apesar de seus defeitos –inclusive a falta de simplicidade.

A humildade fez a mocinha se encantar por José Lucas (Irandhir Santos), mas a atração pelo peão não superará o “encontro de almas” que ele teve com o aspirante a fotógrafo.

De volta aos braços de seu primeiro amor, a mocinha perderá até o trauma de ter filhos. Após uma série de conversas com Filó (Dira Paes) e José Leôncio (Marcos Palmeira), ela se permitirá dar um herdeiro à família Leôncio.

Mas a protagonista não terá um minuto de paz durante a gravidez. Especialmente quando perceber que a onça que rondava sua tapera não terá dado às caras por um bom tempo. Pouco tempo depois, os peões encontrarão uma onça morta nos arredores da propriedade de José Leôncio.

1 12

Alanis Guillen com barrigão de Juma – Direitos autorais: Reprodução/Instagram

Juma ficará aflita. Ela terá certeza de que perdeu a mãe pela segunda vez. Ela decidirá recorrer ao Velho do Rio, mas, como sempre, a entidade será sucinta e misteriosa: dirá apenas que Maria Marruá não morreu.

“Onde é que ela tá agora?”, questionará a protagonista, ainda nervosa. “Você não sabe?”, provocará o curandeiro. “Claro que não sei, Velho. Me fala”, insistirá a pantaneira. “Para certas perguntas, não existe resposta. Mas você cuide bem dessa oncinha que você tá trazendo na sua barriga. Inté, Juma”, responderá o senhor.

Para um bom entendedor, meia palavra basta. Juma levará o ditado popular tão a sério que anunciará a ressurreição de sua mãe aos quatro ventos. “A minha mãe tá voltando”, afirmará a selvagem, em uma conversa com Jove. “Como assim voltando?”, questionará o cético.

“Aqui, ó. Na minha barriga. Vai ser filha nossa. Minha mãe vai voltar pra mim”, responderá a personagem de Alanis Guillen. A intérprete da pantaneira, aliás, já entregou até um registro com o barrigão de grávida nas redes sociais.

Com alma de Maria Marruá ou não, o fato é que a pequena, já crescida, será vivida por Lia Luperi. A menina é filha do responsável pela adaptação do folhetim, o autor Bruno Luperi, e bisneta de Benedito Ruy Barbosa, idealizador da história.