Papa Francisco: Não se pode viver semeando o ódio, semeie o amor



O Papa é um dos grandes símbolos da Igreja Católica, e possui um papel muito importante no mundo, junto aos fiéis e não fiéis. De acordo com a doutrina católica, o Papa é o sucessor de São Pedro, o “pai” da Igreja Católica e primeiro Papa.

A principal missão desse líder religioso é conduzir os fiéis para o céu, mas também incentivar uma vida feliz e consciente na Terra, longe de todas as coisas ruins. Ele é conhecido com Pastor Universal dos católicos, responsável por levar o rebanho ao caminho de salvação.

O Papa é uma figura muito conhecida em todo o mundo porque está constantemente viajando e propagando as crenças católicas para toda a população. Além de espalhar valores do cristianismo, como paz, caridade, respeito e harmonia entre os povos, ele também se manifesta em relação a eventos que acontecem no mundo, posicionando-se em favor da liberdade, felicidade e amor ao próximo.

O mundo enfrenta um período de muita negatividade, violência e retrocesso, e nesse cenário, o Papa atual, Papa Francisco, está sempre transmitindo a todos mensagens de sabedoria, que condenam atitudes ruins e incentivam um comportamento sábio, elevado e consciente. Ele entende o tamanho de sua responsabilidade em relação aos católicos ao redor do mundo e faz a sua parte para que essas pessoas sigam o exemplo que Deus nos deixa.

Sua posição firme, mas ao mesmo tempo amorosa e muito sábia faz com que Papa Francisco conquiste cada vez mais admiradores, inclusive fora do círculo católico.

Recentemente, em um encontro com jovens e idosos realizado em Roma para a apresentação do seu novo livro “Francisco, a Sabedoria do tempo”, o Papa nos transmitiu um ensinamento muito valioso sobre a maneira como conduzimos nossas vidas e como impactamos aqueles que estão ao nosso redor. Explicando melhor aos jovens o contexto das duas Grandes Guerras Mundiais que enfrentamos. Ele disse que os piores momentos da humanidade acontecem quando as pessoas começam a espalhar o sentimento por aqueles ao seu redor, e alerta: “Não se pode viver semeando ódio”.



O Papa se mostra preocupado com pensamentos e atitudes autoritárias e sempre se mantém fiel ao que o cristianismo prega. Com essas palavras, ele espera que as pessoas repensem sobre seus próprios pensamentos e atitudes, e se dediquem para construir um mundo de mais amor, paz e evolução.

É uma mensagem muito importante para refletirmos, e começarmos a mudança em nós mesmos, em nossas atitudes diárias.







Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.