Comportamento

Para ajudar pai procurado pela polícia por furtar fraldas, população se oferece para pagar a conta

3 capa Para ajudar pai procurado pela policia por furtar fraldas populacao se oferece para pagar a conta

Para ajudar na identificação do suspeito de furto, a polícia da Flórida (EUA) compartilhou trechos das imagens das câmeras de segurança, pedindo aos seguidores que ajudassem com qualquer pista.



Existem limites para a aplicabilidade da lei? Por mais controversa que esta pergunta seja, você já tentou se colocar no lugar do outro para saber se mudaria de opinião? Cada pessoa nasce em um contexto diferente, possui uma família que ensina valores e regras de ética mas, em muitos momentos, a necessidade pode tensionar os limites entre o que é aceitável e o que não é.

Sabemos que existem inúmeros comportamentos que são considerados criminosos, e para cada um há um tipo de punição, que tem mais a ver com o conjunto de normas e crenças de cada sociedade.

Por exemplo, sabemos que é crime compartilhar, sem autorização prévia, imagens de pessoas nuas. Até algum tempo atrás, não existia legislação para esse tipo de crime, mas a maioria sabe (ou pelo menos deveria saber) que essa é uma atitude criminosa.


Mesmo assim, não são poucas as pessoas que insistem em compartilhar fotos de ex-namorados e ex-namoradas com amigos, expondo a intimidade e mexendo com a honra daquele indivíduo. Para muitos, inclusive, compartilhar nudes seria menos criminoso do que um furto, mesmo que um acabe muito mais com a vida das pessoas do que outro. De qualquer forma, o furto também é crime, e sua denúncia pode levar o suspeito para a cadeia.

Mas e quando o furto é motivado por necessidade? Ele deixa de ser errado? Passa a ser justificável? Se uma mãe furta pão para seus filhos, em um momento de desespero, logicamente que não deixa de ser um ato criminoso mas, ao mesmo tempo, pode até ser a salvação de crianças famintas.

Esse é um tema que nem sempre alcança o consenso dos usuários – e nem deve –, já que as relações humanas não dependem de decisões rígidas, mas sim de novas interpretações e visões de mundo. Um caso similar aconteceu na Flórida (EUA), quando um pai entrou em uma loja da rede “Walmart” com dois filhos para comprar fraldas e lenços, e saiu da loja sem pagar pelos produtos.

O pai selecionou os produtos e foi até o caixa para efetuar o pagamento, mas depois de tentar em dois cartões diferentes, percebeu que não tinha dinheiro para pagar aquela conta. Provavelmente pensando na urgência da situação, o homem saiu da loja com as duas filhas sem levar nada, e logo em seguida voltou sozinho, com outro cartão nas mãos.


Muitos usuários especulam que ele deixou as filhas com algum parente, amigo ou mesmo com a mãe do lado de fora, e pegou o cartão dessa pessoa para tentar novamente efetuar a compra. Novamente, o cartão foi rejeitado, e foi quando ele tomou a decisão de cometer o delito, saindo da loja sem pagar pelas fraldas ou pelo lenço.

3 2 Para ajudar pai procurado pela policia por furtar fraldas populacao se oferece para pagar a conta

Direitos autorais: reprodução Facebook/Winter Haven Police Department.

Como no supermercado há câmeras de vigilância, a polícia logo compartilhou imagens do sujeito, informando o que tinha acontecido e pedindo que as pessoas entrassem em contato, caso o identificassem. Mas eles acabaram se surpreendendo, quando mais de 4 mil comentários surgiram na publicação majoritariamente defendendo o pai.

Sim, mesmo sabendo que o furto é errado, muitos usuários tentaram se colocar no lugar daquele homem, que provavelmente estava em desespero naquela situação de urgência.


Alguns seguidores da Winter Haven Police Department ainda se ofereceram para pagar os custos do furto, dizendo que ele queria apenas ser um bom pai para as crianças, cobrindo suas necessidades da forma como conseguia naquele momento.

Um usuário disse que, caso o pai não levasse as fraldas, poderia ter sido preso por negligência, ou seja, por não ter dinheiro, ele estava em uma situação que nenhum ponto de vista o favorecia, portanto, resolveu pensar apenas nos filhos. Em meio à defesas da paternidade de uma pessoa humilde e pedidos para que a polícia lhe arrumasse “trabalho de verdade”, muitos cidadãos se solidarizaram com o homem.

Jovem posta vídeo dançando e recebe ofensas: “Vá fazer exercícios, sua baleia”

Artigo Anterior

As 4 mulheres mais guerreiras do zodíaco. Elas não abaixam a cabeça para ninguém e realizam seus sonhos!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.