6min. de leitura

PARA AS PESSOAS DAS QUAIS EU ERA PRÓXIMO, MAS QUE AGORA NÃO CONVERSO MAIS…

Eu acredito que a vida é como uma história. Como em uma série de TV, nossas vidas são narrativas em transição perfeita desde o início até o final. Do episódio piloto ao final da série, ela pertence a nós e a ninguém mais. Nós a escrevemos, dirigimos, e somos a estrela nela. Nós somos os únicos no controle da trama, somos os protagonistas de nossas próprias histórias. E, claro, somos nós que decidimos quem são os personagens principais e quais papéis eles desempenham em nosso conto. Inimigos, melhores amigos, amantes, decidimos quais pessoas conseguem esses papéis … e por quanto tempo.


Quando escolhemos alguém para ser nosso amigo mais próximo, fazemos isso pensando que ele é o melhor indivíduo para desempenhar o papel. Seu papel principal poderia ser ouvir todas as nossas histórias complicadas, tolerar todas as nossas tendências irritantes, ou levantar-nos quando nos sentimos para baixo. Seja qual for a razão, sabemos de cor que os amigos próximos que escolhemos serão excelentes em seus papéis. Por isso, protegemos e valorizamos as pessoas próximas a nós.

para-as-pessoas-das-quais

No entanto, esses contratos nem sempre duram para sempre. O que acontece quando uma empresa de produção diferente oferece ao nosso amigo um negócio melhor? O que acontece quando um dos nossos principais atores é transferido para outro lado do mundo? Pior ainda, o que acontece quando nosso enredo se desenvolve a um ponto em que o nosso amigo, que antes era o mais próximo, não se encaixa mais no papel e outra pessoa que pode interpretá-lo melhor emerge, ou quando surge uma explosão aparentemente irreparável entre o protagonista e seu companheiro?


Nem todas as pessoas próximas a nós permanece para sempre. É uma verdade fria e dura da vida, uma contra a qual eu lutei ao longo dos anos, em vão.

Lembro-me de quando conversávamos horas a fio sobre Deus sabe o quê. Nós gostávamos dos mesmo assuntos, odiávamos as mesmas pessoas, e ríamos das coisas mais aleatórias. Um protegia o outro, então poderíamos escalar cachoeiras e desafiar a gravidade juntos. Eu juro, pensei por um segundo que poderia ser assim para sempre.


Tudo isso mudou por algum motivo. O que aconteceu? Talvez as coisas mudaram quando escolhemos diferentes faculdades e fizemos novos amigos próximos. Talvez nos perdemos quando você começou a namorar essa pessoa que me odiava, mas você estava apaixonado demais por ela. Ou talvez não tivemos o apoio um do outro quando realmente precisamos, e nunca mais nos recuperamos. Tudo o que sei é que, com todas as razões de lado, já não somos o amigo próximo um do outro em nossas histórias, e desde então escalamos novas pessoas para assumir o controle.

No geral, eu diria que as coisas estão indo muito bem desde que você partiu. Meus novos atores se encaixam muito bem no papel, exatamente como você, antigamente.

A progressão do meu enredo tem sido constante, especialmente agora que entro em meus primeiros anos. Por alguma razão, não posso deixar de sentir esse vazio em minha vida. Eu não posso evitar sentir que, apesar de meus novos amigos serem incríveis, alguns momentos de riso só você poderia me dar, memórias que só você poderia acionar. Apesar de os novos atores tentarem muito, eles não conseguem replicar esse sentimento antigo. Eu acho que isso não está dentro de suas habilidades, de seu currículo. As coisas simplesmente não são as mesmas.

Será que o nosso contrato realmente tinha de terminar lá? Nossa ligação está realmente cortada para sempre? Sim, eu sei que você foi, por falta de uma palavra melhor, “substituído” como meu melhor amigo, e o mesmo vale sobre mim em sua vida, mas isso não deve implicar que você foi removido da minha história em sua totalidade. Jamais.

Seu impacto positivo na trama durante as temporadas anteriores foi simplesmente muito grande e nunca será esquecido.

É verdade que você era uma parte maior da minha narrativa antes. Sim, eu sei que nós tivemos nossas razões para passarmos para coisas diferentes. Apesar disso, saiba que você sempre será uma parte da minha história, mesmo com novos personagens. Antes deles existiu você, e o mínimo que eu posso fazer é abrir meus braços e recebê-lo sempre que você decidir voltar ou procurar minha ajuda.

O que eu estou tentando dizer é, só porque nós não nos falamos nem nos vemos tanto quanto antes, não significa que eu não estarei presente se você precisar de mim. Eu sempre estarei presente.

para-as-pessoas-das-quais2

Talvez você esteja muito ocupado com sua nova temporada para voltar agora, ou talvez você não esteja pronto para voltar, dada a reação que ocorreu, e eu entendo. Foi isso que te fez partir, afinal. Mas no final, eu espero que você saiba que sempre será bem-vindo de volta em minha história, porque mais ninguém pode desempenhar esse papel tão bem quanto você.

___

Traduzido pela equipe de O SegredoFonte: Thought Catalog





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.