ColunistasLei da Atração

Para atrair o príncipe, seja uma princesa!

Pera aí! Príncipes não existem.



E tem mais, onde já se viu assumir uma postura de linda donzela indefesa que vive à espera do príncipe encantado?

Talvez você esteja achando esse título totalmente ilógico e diferente de tudo que já escrevi, de repente eu perdi toda a minha lucidez e viajei nos contos de fadas.

Calma! Talvez o título desse artigo seja um pouco subjetivo, então vamos por partes.


Qual é a sua ideia de príncipe? Sim, porque vamos abordar o SEU modelo de príncipe. Generalizando, posso afirmar que o príncipe retratado no título é o homem carinhoso, gentil e companheiro que todas nós merecemos e queremos encontrar a fim de viver uma relação afetiva.

para-atrair-o-principe

Esclarecida a ideia de príncipe proposta aqui, vamos agora falar de VOCÊ! Será que você tem sido/agido como uma princesa?

Para responder essa pergunta faremos uma breve análise da princesas, aquelas dos contos de fadas mesmo.


Você já viu/leu sobre alguma princesa com baixa autoestima ou complexo de “não-merecimento”? Já notou alguma princesa sofredora e negativa?

Acredito que não, e olha que essas “meninas” passaram por situações nada fáceis.

Até mesmo a Cinderela em meio a todos os afazeres domésticos mantinha a alegria e o bem-estar, sendo ela mesma. Não há relatos dela passar os dias reclamando ou se lamentando pela vida que levava, ao contrário, em diversas versões da história é relatada toda sua alegria mesmo enquanto trabalhava demasiadamente.

Mesmo em meio a todas conturbações de suas “vidas” (histórias), as princesas deixavam o passado para trás e se alinhavam com seu respectivo momento presente, focando a alegria e o bem-estar.


Branca de Neve não ficou eternamente sofrendo porque sua madrasta, a Rainha Má, a queria matar, aliás, tentou matá-la. Branca de Neve reconstruiu sua vida e foi ser feliz com o que tinha naquele momento, ou seja, ela manteve sua vibração elevada, na frequência da alegria e bem-estar. Bela, aquela da Fera, não passou seus dias se lamentando ou culpando a seu pai por ter sido obrigada a viver com uma criatura abominável, em vez disso, ela focou no amor e em viver alegremente seus dias.

Outo ponto a se considerar é que nenhuma das princesas estavam a procura ou espera de um amor.

Elas simplesmente estavam sendo elas mesmas e vivendo alegremente suas vidas, então, eles apareceram. Cinderela, tinha a intenção de ir ao baile apenas para se divertir. Bela, já havia se acostumado com Fera, e tinha por ele um sentimento de amizade e carinho. Nenhuma delas assumiu uma postura diferente a fim de conquistar seu príncipe.

O que as princesas têm em comum é uma postura de alegria, de autoestima elevada e confiança nelas mesmas. Elas simplesmente seguiam suas próprias vidas alinhadas e focadas no bem-estar, vibrando alegria, amor e confiança.


E é assim que VOCÊ deve agir.

Encontre a princesa dentro de ti, encontre essa mulher alegre, forte, confiante e ao mesmo tempo linda, doce e delicada.

Assuma essa postura de princesa!

Quanto ao príncipe? Uma verdadeira princesa não fica à espera do príncipe… permita que o Universo faça o trabalho dele e o SEU príncipe te encontrará.


Laiz Castro Leite

Se você não quer, tem quem queira!

Artigo Anterior

4 mensagens do coração que você nunca deve ignorar:

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.