Para criar um bom caminho, alinhe-se ao que é bom



Onde eu colocar o pé, para onde eu apontar seja direita ou esquerda, leste ou oeste, norte ou sul, farei das minhas experiências e vivências diárias um sucesso, e farei dos meus caminhos os certos, os corretos, os iluminados!

Para criar o caminho perfeito precisamos estar alinhados somente com o que é bom, perfeito e agradável…

Durante a nossa caminhada, sempre nos deparamos com caminhos diferentes a escolher.

É uma tarefa árdua ter que decidir por onde devemos trilhar. Medos, medos e medos. Como saber se andamos no mais seguro, mais prazeroso e mais recompensador?

Como ter a certeza, se a vida é um emaranhado de incertezas, de dúvidas e de caminhos anuviados?

As estradas da existência são desprovidas de sinalizações, e muitas vezes ao ouvirmos avisos e alertas tapamos nossos tímpanos, simplesmente porque o interessante é viver em saltos de surpresa e novidade.

Como diz o ditado: “Se conselho fosse bom, não se dava! Vendia-se.”

A realidade real e verdadeira, nua e crua é que qualquer caminho escolhido é bom e perfeito, os donos das complicações e indecisões somos nós mesmos, e assim na maioria das vezes tornamos nossa vivência fadada ao desastre, dor e infelicidade.

A culpa não está na escolha errada, e sim do que fizemos com a escolha que tomamos. Está na essência do ser humano responsabilizar pessoas e coisas pelas suas más opções.

Existem indivíduos que passam toda a sua vida reclamando que nunca conseguiram acertar, que andaram por caminhos errados, deixaram passar as oportunidades boas e se apegaram a falsas ilusões. Insanos! São incapazes de enxergar que o erro está dentro deles, enraizado em suas estruturas, completamente imerso em sua essência!

E neste debate de valores, eu me incluo, incluo as minhas experiências, meus desafetos, meus erros, minhas queixas. E incluo cada terráqueo!

Todos nós já experimentamos isso. Todos nós já fizemos relatos do passado culpando pessoas, circunstâncias etc etc.



E cada um que continua insistindo na mesma questão que existe caminho certo e errado, bom e mau, perfeito e imperfeito, branco e negro, permanece no engano, permanece dizendo que a escolha foi ruim, quando na realidade não é isso!

Que agonia! Que inconformismo! Ah, queria sei lá que fosse diferente. Mas, utopia minha. Sonho lindo que se foi. Mas sonhar é o que me cabe.

Não sei ao certo se algum dia alguém vai se atentar para isso e resolver mudar. Eu sei que eu quero, e independente do caminho que eu optar, eu serei feliz.

Afinal de contas, quem decide sou eu, não os outros.

Onde eu colocar o pé, para onde eu apontar seja direita ou esquerda, leste ou oeste, norte ou sul, farei das minhas experiências e vivências diárias um sucesso, e farei dos meus caminhos os certos, os corretos, os iluminados!

Assim, direciono que você também faça o mesmo. Transforme seus pensamentos, positive-os e viva o paraíso na Terra!


Direitos autorais da imagem de capa: Oziel Gómes – Pexels






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.