ColunistasEmoções

Para esquecer as tristezas da alma…

Para esquecer as tristezas

A imersão para esquecer as tristezas da alma.



Imergir tem inúmeros significados como mergulhar, entrar em algum lugar ou ficar absorvido em alguma coisa. Mas a imersão neste contexto tem outro sentido.

Nossa alma, às vezes, é dilacerada por más notícias como quebra de expectativas, traições e até quando somos afastados de alguém que amamos pela morte. Dependendo do problema que passamos, nossa alma fica mais triste e fraca.

Mas como aliviar esse sentimento e transformar a tristeza da alma em alegria?


A resposta para essa questão é pela imersão.

Temos que imergir nosso ser em outra esfera, o afastamento do caos é necessário para cumprimos nossos objetivos.

Quando nos afastamos do caos e dos problemas que estamos passando, conseguimos trazer para nossas vidas equilíbrio, pois quando o problema é visto por fora, por outro ângulo torna-se mais fácil ter o controle sobre ele e resolvê-lo.

Mergulhe sua mente, faça uma viagem mental, dez minutos diários são o suficiente. Tire um tempo para você. Medite sobre as circunstâncias de sua vida. Reveja seus conceitos, procure um novo caminho e altere seus padrões. Liberte-se de antigos conceitos, às vezes é necessário fazer isso para atingir o objetivo de ser feliz.


A imersão se faz necessária quando você percebe que sua alma está entristecida.

Converse diretamente com o criador do universo e em seguida faça a imersão, volte sua mente para longe dos problemas e do caos. Quando fazemos isso, a solução vem com mais facilidade.

Somos seres emotivos e ficar triste é algo completamente normal, mas se, por ventura, nossas almas ficarem tristes por um longo período, então devemos imergir em busca de nossa felicidade e realização.



Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: dissq / 123RF Imagens


25 frases inteligentes sobre o amor, escritas por grandes personalidades da história

Artigo Anterior

A zona de conforto é um inferno!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.