Para o amor que se foi e não disse tchau, meu muito obrigada!

3min. de leitura

Teve uma época em que eu acreditava que amor era nós estarmos juntos, em uma esquina qualquer, dando risadas, tomando vinho. E para mim, isso bastava!

Amor para mim era aquele frio na barriga que você me causava cada vez que saíamos e eu esperava pelo final da noite para ganhar um beijo seu, pois, para você, nosso amor escondido era mais gostoso!



Achava que amor era nossa falsa sintonia, nossa amizade, nosso gosto musical idêntico, nossos amigos em comum. E acreditava que isso seria eterno!

Achava que amor era perdoar traições, sumiços e falta de carinho. Achava que amar era entender que você não gostava de dormir me abraçando e que eu não deveria incomodá-lo por isso!

Na minha cegueira, amar era aceitar um pedido de casamento, pedido esse que era mais para mascarar uma falta de cuidado, falta de carinho e comprometimento.


Por um tempo eu acreditei ter encontrado o grande amor e sofri quando no dia do casamento, você não apareceu. E digo com muita sinceridade: OBRIGADA POR ISSO!

Desse dia em diante eu consegui enxergar que na verdade eu nunca o amei e pior: eu não ME AMEI!

Por um tempo acreditei que amor de verdade era aquele no qual nós deixamos nossas vontades de lado, para atender o outro. Mas isso nunca foi amor! Isso é submissão, isso é falta de amor-próprio. Isso é falta de respeito com nós mesmos!

Meu muitíssimo obrigada por ter agido assim! Obrigada por não ter os mesmos valores que os meus. Obrigada por devolver meu amor-próprio. Obrigada por me fazer aprender a enxergar o real significado da palavra amor: respeito, comprometimento, cuidado, dormir abraçado, caminhar junto, ter planos em comum, companheirismo. Coisas que vão muito além de boas risadas regadas a vinho e beijos escondidos no final da noite.


Você que foi embora e não disse tchau foi o meu maior incentivador para a busca do verdadeiro amor e o responsável por fazer com que eu me amasse cada vez mais, a ponto de não mais aceitar migalhas.

A você, toda minha GRATIDÃO!


Direitos autorais da imagem de capa: Geronimo Giqueaux / Unsplash

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.