publicidade

Para que este ano seja bom, nós precisamos ser bons!

Às vezes, é preciso baixar a cabeça com humildade, olhar para dentro e fazer uma autoanálise sobre o que podemos melhorar em nós mesmos. Maledicência e reclamação só atraem negativismo e egoísmo. Por isso é tão difundida a prática da gratidão, para atrairmos positividade e empatia.



Ano bom é aquele em que nos esforçamos para sermos melhores e que buscamos nos tornar uma versão melhorada de nós mesmos, através do autoconhecimento e da espiritualização, para diminuir a atração de problemas para nossas vidas. Apenas vibrando em uma melhor sintonia, deixando um pouco de lado as reclamações, cobranças e expectativa de que as outras pessoas se tornem melhores, e focando na dominação do nosso próprio ego, é que atraímos pessoas de bem para nossa vida.

Engana-se quem pensa que livros de autoajuda e autoconhecimento são para pessoas “perdidas” que precisam de ajuda, prendendo-se em preconceitos. As descobertas mais recentes da ciência na área da psicologia positiva, por exemplo, estão contidas nesses tipos de livros que são lidos e comentados por pessoas de sucesso como Bill Gates, Oprah Winfrey, etc. Pessoas que sabem que um mindset (configuração da mente) de crescimento, ao invés de mindset fixo, é bem mais saudável para a saúde individual e coletiva.

Filosoficamente, podemos não saber de onde viemos e para onde iremos, mas uma coisa é certa: estamos nesse mundo para evoluir mentalmente, tornando a mente mais positiva, consciente e saudável, pois apenas modificando a nós mesmos, influenciamos aqueles que estão ao nosso redor. 

O mundo é como uma escola. Temos nossos momentos de “recreio” onde confraternizamos com nossos amigos e familiares e aproveitamos de momentos agradáveis. E depois desses momentos precisamos retornar ao aprendizado constante para mudarmos de “série”, de “ano”, de estágio de vibração. Ninguém é tão bom que não possa se tornar melhor!


Repetir de ano faz parte da vida, o que não deve fazer parte é estacionarmos por muito tempo, nos prendendo somente nos momentos de descanso, pensando que não há mais nada a aprender, sendo que sempre há e sempre vai haver. E quem ganha com isso primeiro somos nós mesmos. Estacionar afasta as pessoas que continuam a caminhada, não porque elas não gostam mais da gente, mas sim porque precisam seguir adiante.

Às vezes, é preciso baixar a cabeça com humildade, olhar para dentro e fazer uma autoanálise sobre o que podemos melhorar em nós mesmos. Maledicência e reclamação só atraem negativismo e egoísmo. Por isso é tão difundida a prática da gratidão, para atrairmos positividade e empatia.


Tem gente que parece que, para estar bem consigo mesmo, precisa estar mal com alguém. E acaba por criar situações, mesmo que inconsciente, para afastar pessoas.

Para estar bem consigo mesmo não foque nos defeitos dos outros, e sim no que você gosta de fazer, como um esporte, um hobby, etc.

Portanto, para que o ano seja bom, para que os dias sejam bons e a vida seja boa, nós precisamos ser bons! Precisamos ser, a cada dia, melhores!


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: 13rf / hetmanstock

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.